Cristian terá que pedir sua liberação para voltar ao Corinthians

Cristian terá que pedir sua liberação para voltar ao Corinthians

O volante Cristian planeja se reunir com a diretoria do Fenerbahçe para tentar a sua liberação para poder acertar o seu retorno ao Corinthians. O volante está disposto a retornar ao Corinthians e existe um projeto para que os torcedores arrumem dinheiro para que o volante seja contratado pelo clube.

Cristian tem contrato com o Fenerbahçe até 2014 e os turcos não pensam em liberar o jogador tão facilmente. O Corinthians já tentou repatriar o volante em algumas oportunidades, mas acabou fracassando por causa da alta pedida dos turcos que chegam a R$ 16 milhões.

A diretoria do Corinthians aprova o projeto para o volante voltar e fica em compasso de espera. "É uma situação atípica. O departamento de futebol foi consultado, perguntando se ele caberia. É óbvio, é um grande jogador, caberia em qualquer elenco do Brasil. Vamos torcer para que isso dê certo, primeira vez no mundo, é uma coisa nova para todos, temos de esperar. Acho que foi uma grande sacada do nosso departamento de marketing", afirmou o gerente de futebol, Edu Gaspar.

Cristian terá que pedir sua liberação para voltar ao Corinthians

Fonte: futnet

Enviado por: Gustavo Gomes Pacheco

Veja Mais:

  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes
  • Ronaldo não tem interesse em trabalhar com futebol no Brasil

    Ronaldo admite apoio a Andrés, mas nega vontade de assumir cargo no Corinthians

    ver detalhes
  • Meia pode ser envolvido em troca por jogadores do atual plantel alvinegro

    Segundo jornalista, Corinthians lidera briga com rivais paulistas por meia do Fluminense

    ver detalhes
  • 7 jogadores emprestados que podem voltar ao Corinthians em 2018

    VÍDEO: 7 jogadores emprestados que podem voltar ao Corinthians em 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes