Paulinho é o jogador que mais vende camisas no Brasil

Paulinho é o jogador que mais vende camisas no Brasil

7.5 mil visualizações 38 comentários Comunicar erro

Paulinho é o jogador que mais vende camisas no Brasil

Paulinho é o jogador que mais vende camisas no Brasil

Foto: Ari Ferreira

A Nike cada vez mais investe no futebol brasileiro, parceira da CBF desde 1996 e do Corinthians desde 2003, a marca esse ano assinou com mais quatro clubes, além de existirem rumores de que outros clubes nacionais poderiam assinar com a marca.

A multinacional divulgou dados interessantes sobre as vendas de suas camisas no país. Muitos com certeza devem achar que o popular craque Neymar é o jogador que mais vende camisas, mas para a nossa surpresa, o meia Paulinho do Corinthians é o líder, seguido pelo habilidoso camisa 10 do Internacional, Andrés D’Alessandro, já o camisa 11 do Santos aparece na terceira posição.

Entre os clubes europeus, o líder é o Barcelona, seguido pelo Manchester United e Arsenal. Já nas seleções, a Brasileira é obviamente a mais vendida, com os mantos de Holanda e França na sequência. Outro dado interessante, é que 70% das camisas vendidas da seleção brasileira são amarelas, a azul fica com os 30% restantes.

Fonte: Site oficial do Paulinho

Veja Mais:

  • Lucca acertou com Internacional por empréstimo

    Lucca, ex-Corinthians, é anunciado pelo Internacional; Fiel aguarda anúncio de Roger

    ver detalhes
  • Contra o Fluminense, Leste Superior ficou longe de estar cheia. Oeste então...

    Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui

    ver detalhes
  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes