Obras na Arena do Corinthians entram na fase de cobertura, acabamento e gramado

Obras na Arena do Corinthians entram na fase de cobertura, acabamento e gramado

De metrô, de trem ou de carro, qualquer pessoa que passa pelo bairro de Itaquera (Zona Leste de São Paulo) para, olha e se deslumbra com a construção da Arena Corinthians, uma obra de magnitude pouco comum em uma região tão carente de assistência.
Dá para perceber no semblante de cada pessoa, torcedor ou não, a expectativa para a inauguração da arena, que vai receber a partida inaugural da Copa 2014.
As obras do Itaquerão, como o estádio é mais conhecido, que terá capacidade para receber 65 mil torcedores, entram na reta final. Segundo o gerente operacional da Odebrecht na obra, Frederico Barbosa, toda a parte de estrutura de concreto e alvenaria, que é de maior volume, encontra-se em processo de finalização, devendo ser concluída nos próximos três meses.

"Está faltando mesmo é o campo, colocar os assentos, fazer a cobertura e a parte de arquitetura que é um trabalho mais cuidadoso. Hoje estamos próximos dos 65%, mas os 35% restante e nós temos coisas grandiosas como a cobertura e coisas menores, como o acabamento", diz Barbosa.
A cobertura deverá ganhar novas treliças metálicas, desta vez no prédio oeste, em março. "Estamos com o prédio leste com todas as treliças, faltando a telha e os revestimentos. E a cobertura do prédio oeste deve acontecer nas primeiras semanas de março, para depois fazermos a cobertura do estádio", afirma o engenheiro responsável pela obra.
Em paralelo às obras pesadas, todas as instalações estão sendo realizadas, como elétrica, hidráulica, esgoto, ar condicionado, exaustão, água potável, além da vedação dos camarotes, algumas pinturas e o acabamento dos locais das futuras lojas, banheiros e do estacionamento coberto.
A obra está hoje com 1850 operários trabalhando em três turnos e, segundo a empreiteira, não deverá sofrer atraso. "É uma evolução normal, o cronograma está indo bem, dentro do prazo, a gente tem aqui uma equipe mobilizada para conseguir o prazo no final do ano", conta Barbosa.
Uma pergunta comum é com relação à inserção das arquibancadas provisórias, que serão bancadas pela cervejaria Ambev e retiradas ao final da Copa. Porém, segundo Barbosa, esse processo não interfere nas obras do estádio e deverá ficar para o final do ano. "O projeto está sendo desenvolvido ao mesmo tempo que a obra, ainda vai chegar para nós como serão inseridos, a fundação. Mas isso é mais para o final do ano", garante.
Gramado
Na semana passada teve início a escavação do campo para a colocação do gramado. A expectativa da empreiteira responsável e do clube é de estar com a grama plantada até junho e, no máximo em setembro, já ser possível ver o gramado verde.

Após o fim da etapa de escavação, o local será repassado à World Sports, empresa contratada pelo Corinthians para a implementação do gramado, que vai fazer a escavação da drenagem, com a inserção dos tubos que vão drenar a água da chuva. A drenagem será protegida por uma camada de brita, duas de areia e uma de top-soil (mistura de areia e material orgânico). Após a escavação, entre 45 e 60 dias deverá ser feito o plantio da grama, para depois ter mais 90 dias de tempo de maturação.

O gramado terá um sistema de drenagem a vácuo e um sistema de refrigeração das raízes da grama, semelhante ao da Arena do Grêmio. A diferença é que a refrigeração das raízes será feita com água e ar frios, enquanto que no estádio gremista o sistema recebe ar ambiente.
A escolha deste sistema ocorre por causa do tipo de gramado escolhido. Apesar de ainda não ter a definição quanto ao nome, a grama virá da Europa e, portanto, acostumada com o rigoroso inferno europeu. O sistema será acionado sempre que as temperaturas passarem dos 23 graus.

Fonte: Esporte Interativo

Veja Mais:

  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes
  • Leandro Damião pode trocar Flamengo pelo Corinthians em 2017

    Corinthians inicia conversas por centroavante do Flamengo, diz portal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes