Ídolo e herói, Cássio completa um ano de Corinthians

Ídolo e herói, Cássio completa um ano de Corinthians

Cássio foi ganhador da Bola de Ouro no Mundial de Clubes de 2012

Cássio foi ganhador da Bola de Ouro no Mundial de Clubes de 2012

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Eleito melhor jogador do Mundial de Clubes da FIFA de 2012, Cássio, o gigante da meta alvinegra, completa um ano de sua estreia no Corinthians nesta quinta-feira (28). A primeira partida do camisa 12 foi disputada contra o XV de Piracicaba, no estádio do Pacaembu, em partida válida pelo Paulistão. Naquela ocasião, o goleiro já dava demonstração do que a Fiel assistiria nos meses seguintes. O arqueiro fez ótimas defesas, incluindo duas em cima da linha e no mesmo lance, e ajudou a garantir a vitória por 1 a 0.

Nascido no dia 06 de junho de 1987, em Veranópolis-RS, Cássio Ramos passou por Grêmio e PSV Eindhoven, da Holanda, antes de ser contratado pelo Timão em dezembro de 2011. Em apenas 365 dias, o goleiro já fez história no Corinthians. O camisa 12 foi um dos heróis do título invicto da Libertadores e da conquista do Mundial de Clubes da FIFA.

“Quando fui contratado, tinha confiança de que conseguiria brigar pela posição e que, se fosse titular em algum jogo, não decepcionaria e dificilmente sairia do time. Mas, sinceramente, não esperava um primeiro ano tão bom. Conquistamos a Libertadores de forma invicta e, depois, o Mundial. Agora é trabalhar para que o segundo ano seja tão bom quando o primeiro”, disse Cássio.

Desde a sua estreia, Cássio acumula 51 partidas. Na Libertadores do ano passado, sofreu apenas dois gols. Uma de suas maiores atuações foi na partida de volta pelas quartas de final da Libertadores. No segundo tempo, Diego Souza, do Vasco, ficou cara a cara com o goleiro e chutou no canto. Com muito reflexo e velocidade, Cássio conseguiu espalmar a bola e salvar o Timão do gol no Pacaembu.

Já no Mundial, Al Ahly e Chelsea não conseguiram ultrapassá-lo. Contra o time inglês, Cássio fechou o gol e realizou defesas incríveis. O arqueiro alvinegro foi um dos grandes responsáveis pelo título mundial e foi coroado com o prêmio de Bola de Ouro do torneio. Suas defesas permanecem eternizadas na memória da Fiel e de todo o mundo.

Fonte: site oficial do corinthians

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes