Cadê a punição Conmebol? Torcedor lança rojão, fere dois e é preso no jogo do Grêmio x Flu

Cadê a punição Conmebol? Torcedor lança rojão, fere dois e é preso no jogo do Grêmio x Flu

Um incidente marcou o pré-jogo de Grêmio e Fluminense pela Libertadores, na noite desta quarta-feira, na Arena. Ao arremessar um rojão, um torcedor do time gaúcho feriu duas pessoas e acabou detido pela Polícia Militar. Uma mulher teve perde momentânea da audição e um homem sofreu escoriações no corpo.

O rojão estourou no setor de Cadeiras Gramado, no Setor Norte, atrás das traves, onde está localizada a Geral do Grêmio. Ao ouvir o barulho e perceber a confusão, soldados da PM conseguiram identificar o autor pelo sistema de vídeo do estádio.

- O identificamos, o localizamos e o retiramos da arquibancada. Ele será apresentado ao Juizado Especial Criminal. De acordo com o relato dele, havia mais rojões e sinalizadores, porém, não o encontramos - explicou o tenente-coronel Kleber Goulart, comandante do Batalhão de Operações Criminais.

Ainda não está decidido que tipo de registro será feito. O detido pode responder por lesão corporal. Há ainda o risco de o caso ser denunciado ao Tribunal de Penas da Conmebol e, com isso, existe o risco de punição ao Tricolor.


Tumulto entre torcida e polícia

Depois desse incidente, o uso de um sinalizador provocou tumulto entre torcida e polícia. Um torcedor usou o artefato ao comemorar a entrada do Grêmio em campo. A polícia o identificou. Enquanto era retirado, os demais torcedores gritaram palavras de ordem contra as autoridades. Houve um princípio de confusão, mas os ânimos foram controlados.

Fonte: globo esporte

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes