Sheik diz que não sabia que carros entraram ilegalmente

Sheik diz que não sabia que carros entraram ilegalmente

O atacante Emerson Sheik, do Corinthians, esteve na noite de domingo no programa De Frente Com Gabi, do SBT, e aproveitou a conversa com a apresentadora Marília Gabriela para um raro momento em que tocou no assunto contrabando: ele é acusado de ter contrabandeado carros de forma ilegal para o país, e assumiu a acusação durante a entrevista.

“Sou acusado de contrabando, não mais de lavagem de dinheiro (anteriormente, ele respondia à polícia também por esta situação). Eu não fiz nada de errado enquanto eu era criança, quando eu poderia fazer. Então prefiro ir lá atrás no meu passado para mostrar que não é possível que, depois de tudo que conquistei, eu me envolver com isso”, disse o jogador.

Ele tentou explicar o caso, e foi elogiado pela apresentadora pelo sinceridade. “Comprei os carros de uma pessoa muito amiga, que estava sempre comigo e com meus filhos. Eu não sabia, mas os carros entraram ilegalmente no Brasil. Mas não sou só eu que está envolvido no problema, é meu nome que está ‘bombando’, mas são mais de 100 pessoas envolvidas, que compraram de boa fé e acabaram sendo enganadas. Eu já tinha vendido os carros há seis meses quando a polícia começou a ir atrás do caso”, declarou Sheik.

Fonte: Midia News

Veja Mais:

  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians e Juventus se encontram neste domingo, às 19h45

    Corinthians encara 'clássico da Zona Leste' por vaga na final da Copinha

    ver detalhes
  • Empresário do meia Pedrinho acusa empresa de assédio sobre o jogador dentro do Corinthians

    Portal revela denúncia de empresário de meia da base contra empresa de Garcia

    ver detalhes
  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes