Anderson Silva renova contrato com UFC por 10 lutas

Anderson Silva renova contrato com UFC por 10 lutas

O atleta do Corinthians Anderson Silva declarou recentemente que pretende lutar por mais cinco anos. Para cumprir o prazo, o campeão dos pesos-médios do UFC terá de lutar duas vezes por ano. O presidente do Ultimate, Dana White, anunciou que o contrato do Spider foi renovado por mais 10 lutas, conforme ele vinha negociando há meses.

- Até onde eu sei, o novo contrato de 10 lutas de Anderson Silva está fechado - afirmou o dirigente durante sessão de perguntas e respostas com fãs de MMA em Nova York, de acordo com o Twitter do programa de TV oficial da companhia, "UFC Tonight".

Com isso Anderson Silva se posiciona para terminar sua carreira com 26 lutas dentro do octógono, apenas uma a menos que o recordista da companhia, o americano Tito Ortiz. Atualmente, o Spider está invicto no UFC, com 16 vitórias, e detém os recordes de maior sequência de vitórias da companhia, de defesas de cinturão bem sucedidas (10), de bônus pós-luta (12, empatado com Joe Lauzon), vitórias em lutas por cinturão (11, empatado com Georges St-Pierre), lutas encerradas com nocaute ou finalização (14) e maior percentual de golpes conectados (67,8%).

Na carreira, Anderson Silva tem 33 vitórias e quatro derrotas, e foi campeão dos eventos Cage Rage e Shooto antes de chegar ao UFC. Sua última derrota aconteceu em janeiro de 2006, no evento Rumble on the Rock, contra o japonês Yushin Okami, por desclassificação, devido a um golpe ilegal.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Fiel promete lotar Arena para empurrar Corinthians rumo ao título paulista

    Corinthians inicia venda de ingressos para final e dá orientação a inadimplentes

    ver detalhes
  • Para Roberto, Arena Corinthians é 'dez vezes melhor' que o Morumbi

    Roberto de Andrade ironiza possibilidade do Morumbi sediar finais do Paulista

    ver detalhes
  • Jogadores comemoram vaga na final do Paulista após eliminar o São Paulo na Arena

    FPF confirma datas, horários e locais das finais do Paulistão 2017

    ver detalhes
  • Raphael Claus tem um retrospecto polêmico em jogos do Timão

    Pivô de polêmicas, árbitro é escalado para jogo de ida da final entre Corinthians e Ponte Preta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes