Documentário que discute futuro do Pacaembu é lançado na internet

Documentário que discute futuro do Pacaembu é lançado na internet

Pacaembu tem mais de 70 anos

Pacaembu tem mais de 70 anos

“Com todos os grandes clubes de São Paulo tendo seus próprios estádios, quem vai jogar no Pacaembu? Não sobrou ninguém”. O trecho do depoimento do jornalista e historiador Celso Unzelte para o documentário “Pacaembu – O gigante sem dono” resume bem o foco principal do filme lançado esse fim de semana no Youtube.

O documentário aproveita um cenário em que novas e modernas arenas estão sendo construídas e inauguradas por todo país e busca um olhar mais nostálgico sobre este momento. Outro ponto abordado no filme é o episódio da quase cessão do estádio ao Corinthians, o que não aconteceu por causa da construção da Arena Corinthians, orçada em cerca de 1 bilhão de reais. Em tempos de protestos por todo o país por causa dos gastos com eventos esportivos, tal discussão se faz necessária. Recentemente, Celso Jatene, secretário de esportes de São Paulo, anunciou licitação de R$ 350 milhões para concessão do Pacaembu, o que seria uma possibilidade de solução temporária às incertezas futuras do complexo.

“Pacaembu – O gigante sem dono”, não é apenas um filme sobre a história de um dos maiores palcos do esporte nacional, também serve como um registro histórico com o objetivo de preservar a memória do local, em um momento de transição do tradicional para o moderno.

O documentário

Com depoimentos de 18 entrevistados, que vão de grandes ícones do futebol como, Pelé e Neymar, a funcionários do complexo esportivo, o filme passeia por momentos importantes da trajetória do Pacaembu. As vaias ao então Presidente do Brasil Getúlio Vargas durante a inauguração do estádio e o recente título inédito da Copa Libertadores conquistado pelo Corinthians, são alguns dos destaques. São 30 minutos de duração – o roteiro é organizado em sete capítulos - que visam apresentar o que é o Pacaembu aos que não o conhecem a fundo, relembrar sua importância aos velhos conhecidos e deixar um intrigante ponto de interrogação na cabeça do espectador sobre o que acontecerá com este patrimônio do esporte brasileiro em um futuro próximo.

A produção surgiu como o projeto de conclusão de curso da faculdade de jornalismo da PUC-Campinas dos jovens Plácido Berci, Pedro Maues e Vinícius Conde, mas devido à importância do tema, chamou a atenção da mídia. Teve menções em sites, jornais, no Programa “Loucos por Futebol”, da ESPN Brasil, e no “Redação Sportv”. Os diretores chegaram, inclusive, a participar ao vivo do Programa “Arena Sportv”

Veja Mais:

  • Presidente vai definir na tarde desta quinta-feira a saída ou não de Flávio Adauto

    Reunião definirá situações de diretores dissidentes; contratações podem ser impactadas

    ver detalhes
  • Dentinho publicou fotos de 'poker alvinegro' nesta quarta-feira

    Dentinho publica fotos de 'poker alvinegro' com ex-goleiro do Corinthians e mesa personalizada

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez vai concorrer à presidência do Corinthians pela segunda vez

    Andrés Sanchez pode perder foro privilegiado se cumprir promessa de campanha no Corinthians

    ver detalhes
  • Lucca jogou emprestado à Ponte Preta em 2017

    Proposta curiosa do Cruzeiro pode colocar atacante do Corinthians no São Paulo; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes