Corinthians espera por Sylvinho até 20 de agosto

Corinthians espera por Sylvinho até 20 de agosto

Por Meu Timão

Sylvinho jogando pelo Barcelona

Sylvinho jogando pelo Barcelona



Enquanto negocia com meio-campistas e atacantes, o Corinthians aguarda até a próxima semana para tentar suprir a sua carência na lateral esquerda. "O Sylvinho deu 20 de agosto como prazo para a prioridade de negociarem por ele no exterior. É a primeira barreira. Vamos respeitar o jogador", comentou o diretor de futebol Mário Gobbi.

Dispensado recentemente pelo Barcelona e há mais de dez anos no futebol europeu, Sylvinho já chegou a manifestar interesse de voltar ao clube que o revelou. Antes mesmo de o Corinthians vender André Santos para o Fenerbahce, da Turquia. "Claro que ele também agrada ao clube", assentiu Gobbi.

O dirigente garantiu que já pensou em alternativas para uma eventual recusa de Sylvinho. "Temos alguns jogadores. Estamos trabalhando. Mas é preciso cautela para falar em nomes, pois isso pode frustrar os torcedores se não der certo. Tudo que não queremos é causar dor, constrangimento e tristeza", discursou.

Na tarde desta quinta-feira, no entanto, Mário Gobbi mencionou diversos nomes que interessam ao Corinthians. Confirmou que o meia argentino Matías De Federico é o mais próximo de chegar ao clube. Afirmou ter feito sondagens pelo volante paraguaio Vera, da LDU, pelo atacante Fernandinho, do Barueri, e por Lucas, do Liverpool. Mas classificou Riquelme e Vágner Love como " sonhos".
 

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes