Torcedor faz fila no Passo das Emas para garantir lugar em jogo histórico

Torcedor faz fila no Passo das Emas para garantir lugar em jogo histórico

O confronto inédito entre Luverdense e Corinthians definitivamente vem mexendo com torcedores das duas equipes, ou mesmo aqueles que decidiram engrossar a torcida do time matogrossense, para o confronto da próxima quarta-feira em Lucas do Rio Verde. A partida é válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O vencedor do confronto garante vaga nas quartas e enfrenta o vencedor de Grêmio x Santos.

Na quarta-feira à tarde, o Luverdense recebeu a autorização da CBF para comercializar mais 4.160 ingressos referentes às arquibancadas instaladas no Estádio Passo das Emas. Em tempo recorde a estrutura foi montada e vistoriada pelas instituições de segurança, recebendo o aval da entidade de futebol nacional. Com a nova carga de ingressos, o Passo das Emas deverá receber público superior a 9 mil torcedores, o maior da sua recente história.

O torcedor pulou cedo da cama e já faz fila em frente ao estádio. A ideia é garantir lugar e fazer parte da história do futebol luverdense, assistindo ao confronto contra o atual campeão mundial de futebol. Por volta de 5h30 da manhã, vários torcedores faziam fila na bilheteria do estádio. A diretoria não informou se vai limitar a venda de ingressos por pessoa.

Fonte: MT Agora

Veja Mais:

  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes
  • Jabá sentiu dor na coxa e deixou o treino do Corinthians mais cedo

    Léo Jabá se machuca em treino do Corinthians e deixa campo com dores na coxa

    ver detalhes
  • CT Joaquim Grava ganhou novidades

    Corinthians 'aposenta' decoração do centenário e dá cara nova ao CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes