Corinthians criará sistema de transporte próprio pra Arena Corinthians

Corinthians criará sistema de transporte próprio pra Arena Corinthians

Arena Corinthians está em fase final de construção

Arena Corinthians está em fase final de construção

Por conta da distância do centro da cidade, e das dificuldades de mobilidade para o local, o Corinthians planeja a criação de um sistema próprio de transporte para os jogos do time na Arena Corinthians. A ideia é que sejam levadas até 15 mil pessoas para as partidas em ônibus alugados. Esses esquema já está em negociação com empresas.

Responsáveis pela administração do estádio entendem que há, sim, boas opções de transporte para o local com as linhas de metrô e trem, que têm estações locais próximas à arena. O problema é que isso pode não ser o suficiente para jogos à noite em que esse tipo de transporte fecha mais cedo, ou para atender à demanda de um público mais exigente que costuma ir de carros às partidas.

Para esse tipo de torcedor, haverá como opções o estacionamento do estádio, que, no entanto, não tem o número suficiente de vagas. E haverá também bolsões para botar carros em terrenos a serem alugados em Itaquera. A partir daí, seriam levados em trajetos de cinco minutos até a arena. Mas a maior aposta são os ônibus.

A ideia é que sejam feitas linhas que sairiam de shopping da cidade. Assim, o torcedor poderia estacionar seu carro no empreendimento comercial mais perto de sua residência e de lá sairia no ônibus para o estádio. Será preciso fazer um acordo com os shoppings, o que será negociado em breve. A frota estimada é de 500 ônibus.

Com essa estratégia, o Corinthians espera que o torcedor premium que já frequenta o Pacaembu não se afaste dos jogos do time por conta da distância do estádio de sua casa. Tanto que o clube estuda até um esquema ainda mais ousado de alugar espaços próximos ao estádio para instalar heliportos. Há uma expectativa de que possam ser recebidos entre 10 e 30 aeronaves em dias de jogos.

Manter o público abastado corintiano próximo ao estádio é a única forma de o clube atingir a ambiciosa meta de obter uma receita anual de R$ 291 milhões por ano. A bilheteria não é uma fatia majoritária neste montante, mas a exploração de áreas do estádio e serviços Vips são vistos como prioridades em termos de arrecadação. Há correntes no Corinthians que defendem que essa projeção é excessivamente otimista e falam em números entre R$ 100 milhões e R$ 150 milhões por ano.

De qualquer jeito, uma grande fatia desse valor será destinado a pagamento dos empréstimos usados para pagar o estádio, incluindo o do BNDES (que ainda não saiu) e os de bancos privados que têm sustentado a obra até agora.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi palco de semifinal da Copinha em 2016

    FPF nega semifinal na Arena, libera Paulista em Jundiaí e volta a irritar diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes