Empresário diz que Corinthians estaria interessado em Lucas por empréstimo

Empresário diz que Corinthians estaria interessado em Lucas por empréstimo

30 mil visualizações 188 comentários Comunicar erro

O site francês Top Mercato publicou nessa segunda-feira que Lucas pode voltar ao Brasil por meio de empréstimo em 2014. Segundo o site, o empresário do jogador, Wagner Ribeiro, disse que está conversando com alguns clubes do Brasil e além do Corinthians, São Paulo, Flamengo e Atlético Mineiro estariam interessados.

Lucas jogava pelo Corinthians nas categorias de base, mas o São Paulo ofereceu (muito) dinheiro ao pai do jogador pra ele treinar no Morumbi. Até hoje o Corinthians não engoliu o aliciamento que acabou resultando num boicote as categorias de base do São Paulo, não só do Corinthians mas da maioria dos clubes grandes do Brasil.

Lucas vem fazendo atuações na Europa e pouquíssimos gols. Até o zagueiro Marquinhos (ex-Corinthians) já fez mais gols que ele. Desde que chegou no PSG, Lucas só marcou uma vez na Europa. A falta de gols e fez com que o jogador ficasse no banco de reservas e agora que ele vem sido pouco utilizado, está questionado pelo seu valor investido, cerca de 40 milhões de Euros.

A informação foi dada no site Top Mercato (em francês).

Veja Mais:

  • Balbuena segue sem estender vínculo com o Corinthians

    Corinthians aciona Vampeta para tentar ajudar na renovação de Balbuena; clube se pronuncia

    ver detalhes
  • Vilson está afastado dos gramados desde março de 2017, quando passou por cirurgia

    Corinthians paga R$ 60 mil por atraso de 13 meses e quita dívida pela contratação de Vilson

    ver detalhes
  • Timão recebe o arquirrival Palmeiras na Arena neste sábado

    Torcida garante 33 mil ingressos para primeiro Dérbi de 2018; venda física começa nesta quarta

    ver detalhes
  • Ralf foi apresentado pelo Corinthians no início da tarde desta terça-feira, no CT

    Apresentado, Ralf fala em 'momento de Gabriel', mas avisa: 'Vou buscar meu espaço'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes