BM impediu o protesto no hotel do Corinthians em Porto Alegre

BM impediu o protesto no hotel do Corinthians em Porto Alegre

Por Meu Timão

Brigada Militar de Porto Alegre

Brigada Militar de Porto Alegre

Após a eliminação na Copa do Brasil para o Grêmio, os jogadores do Corinthians passaram o início desta quinta-feira com proteção policial no hotel em que estão hospedados, próximo ao Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre (RS). Uma viatura e uma microvan, com cerca de 15 soldados da Brigada Militar (BM), fizeram plantão no local. Segundo os policiais militares, eles ficariam por ali por toda a madrugada.

Por volta das 2h, um grupo com cerca de 30 torcedores do Timão que se deslocou da Arena para o hotel com o objetivo de realizar um protesto. Em poucos instantes, os policiais impediram a aproximação, solicitando que eles se retirassem para evitar confusões. Prontamente, foram atentidos.

A assessoria de imprensa do Corinthians não divulgou a programação da quinta-feira, mas a tendência é que os reservas treinem no CT do Inter e que embarquem para São Paulo por volta das 15h (horário de Brasília).

Fonte: Correio do Povo

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes