Novato Claudinei supera Tite em disputa particular no Brasileirão

Novato Claudinei supera Tite em disputa particular no Brasileirão

Novato Claudinei supera Tite em disputa particular no Brasileirão

Novato Claudinei supera Tite em disputa particular no Brasileirão



 O novato Claudinei Oliveira e o campeão Tite farão, no próximo domingo, um dos duelos de técnicos mais díspares de todo o Campeonato Brasileiro. Enquanto o veterano agoniza no comando de um Corinthians em má fase, o jovem santista tira uma campanha melhor de um elenco teoricamente mais fraco que o do rival.

Claudinei assumiu o Santos na segunda rodada, na vaga que era de Muricy Ramalho. Foram 11 vitórias, nove empates e oito derrotas em 28 partidas, com aproveitamento de 50% dos pontos. O time hoje é o oitavo na tabela, a sete pontos do G-4.

Já o Corinthians de Tite teve, em 30 partidas, 13 empates, oito derrotas e nove vitórias e 44,% de aproveitamento. Para ir à Libertadores de 2014 sem contar com os resultados da Copa do Brasil, o time precisa tirar dez pontos para o Botafogo, quarto colocado.

Se os números frios não indicam uma diferença tão grande, os elencos mostram uma vantagem para o santista. Claudinei assumiu o time já sem Neymar, e teve de superar uma goleada histórica para o Barcelona no caminho até o oitavo lugar atual.

Para superar tudo isso, contou com a estrela única de Montillo e jogadores menos badalados como Cícero. Tite, com Alexandre Pato, Paolo Guerrero, Emerson Sheik e Danilo, tem o segundo pior ataque da competição.

A pressão maior, porém, está nas costas de Claudinei, que há duas semanas disse que 'tem de provar mais que os outros', e ainda não decidiu seu futuro. 'Tem gente que fala que santo de casa não faz milagre. Eu espero levar o Santos longe, na melhor colocação possível, e depois vemos o que vai acontecer. Vou seguir trabalhando da mesma forma que trabalhei até agora, de maneira tranquila, sem querer supervalorizar, ser estrela', disse Claudinei, em mais um desabafo.

Tite se viu ameaçado na última semana, após a derrota por 1 a 0 para o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Uma longa reunião, porém, bateu o martelo pela permanência do treinador. A questão agora é saber se as partes vão chegar a um acordo para uma renovação em 2014.

'Esse semestre tem sido pesado. Você puxa aqui pra tentar recuperar ter perdido atletas vitais, às vezes dois, três no mesmo setor. Mas chega, não quero que fique soando [como desculpa]... Sou um cara emotivo, mas aprendi a seguir em frente', disse Tite na última sexta.

A futuro do técnico é uma incógnita, e o desempenho na reta final do Campeonato Brasileiro será fundamental para uma definição. Já no caso de Claudinei, o mais provável é que o desempenho superior ao de Tite não renda uma renovação.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes