Jucilei afirma que só voltaria ao Corinthians em 2014 por 'proposta muito boa'

Jucilei afirma que só voltaria ao Corinthians em 2014 por 'proposta muito boa'

'Sobrevivente' da limpa feita no Anzhi, time russo que vive grave crise financeira e, por isso, precisou se desfazer de seus craques, Jucilei faz planos para o futuro. Para o volante de 25 anos, sua permanência no Anzhi está intrinsecamente condicionada à continuidade do clube na primeira divisão russa - hoje o time é o lanterna da competição. Caso a queda para a segunda divisão se consume, Jucilei sai.

Em entrevista à PLACAR, Jucilei considerou uma possível volta ao futebol brasileiro, ainda que não seja uma de suas prioridades. "(Voltar ao Brasil) é o meu plano 'F'. Não penso em voltar ao Brasil agora. Quero ficar por aqui mesmo, na Europa. Meu contrato com o Anzhi vence em 30 de dezembro de 2014. Se a equipe ficar na primeira divisão, eu negocio minha permanência. Caso contrário, saio. Não posso ficar aqui com o time na segunda divisão", disse o volante, que até aponta os seus destinos prediletos. "Espanha e Itália. São dois campeonatos que eu gosto. Acho que não tem vitrine melhor para um jogador, né?"

Perguntado sobre um retorno ao Corinthians, clube que defendeu entre 2009 e 2011, Jucilei foi claro: só deixa o futebol europeu por uma oferta sedutora. "Só voltaria por uma proposta muito boa. Se tivesse uma proposta equivalente de Corinthians, Cruzeiro ou São Paulo, escolheria a melhor delas. Os clubes sabem os meus valores."

Jucilei deixou o Corinthians logo após a traumática eliminação alvinegra para o Tolima, na pré-Libertadores de 2011. Segundo ele, a queda no torneio continental não foi o pretexto para uma transferência. "Aquela eliminação dói bastante. Não queria que fosse daquele jeito, mas aconteceu. Não me arrependo de ter saído naquele momento. Era uma proposta muito boa do Anzhi, eu tinha que sair. Não podia dizer não."

Por fim, Jucilei foi só elogios a Paulinho, jogador que o sucedeu como titular no Corinthians. "O Paulinho está vivendo uma fase espetacular, está jogando demais. O Corinthians sentiu muito a saída dele."

Fonte: Placar

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes