Diretor do Corinthians afirma: 'Não dá para fazer loucura só pelo Paulistão'

Diretor do Corinthians afirma: 'Não dá para fazer loucura só pelo Paulistão'

Roberto de Andrade

Roberto de Andrade

Foto: Tom Dib/LANCE!Press

Rafinha, Diego Tardelli e Jucilei estiveram entre os nomes especulados pelo Corinthians para 2014, mas o nível dos reforços será bem mais modesto, de acordo com Roberto de Andrade.

Em entrevista na qual fala de seus três anos à frente da diretoria de futebol, o dirigente afirma ser loucura gastar muito neste momento, levando em conta que o Timão tem apenas o Paulistão para disputar antes da Copa do Mundo.

Com o moral de um dos diretores mais vitoriosos da história do clube -; ganhou Mundial, Libertadores, Brasileiro, Paulista e Recopa -;, Roberto ainda fala da pretensão de ser presidente. Ele será o candidato da situação na eleição de fevereiro de 2015.

DIÁRIO_ O Corinthians contratou neste ano Alexandre Pato, Renato Augusto e Gil. É possível pensar em reforços desse nível para 2014?

ROBERTO DE ANDRADE_ Sem chance. Primeiro, porque já temos um elenco suficientemente bom. Depois, pela condição financeira do clube. E o torcedor precisa entender que não dá para fazer loucura só pelo Paulistão. Porque, até a Copa, só teremos o estadual.

Então, nomes de peso devem ficar para o segundo semestre?

É a tendência. A menos que apareça alguma grande oportunidade de momento.

Quais são os alvos?

Queremos peças pontuais. A prioridade são as laterais. Talvez a gente traga um atacante.

O Corinthians fechou ou não com o Uendel, lateral-esquerdo da Ponte Preta?

Estamos finalizando os últimos detalhes do contrato. Aquela fase de troca de contratos entre advogados. E o Corinthians é quem está comprando, sem ajuda de parceiros.

O América-RN garante ter sido procurado pelo Corinthians por causa do Norberto. Há algum outro lateral-direito na mira de vocês?

O que dá para dizer é que estamos vendo alguns laterais no mercado, mas é uma posição muito carente.

Pato, Sheik, Danilo... Quem pode sair nesta janela?

A grande verdade é que não temos qualquer proposta até agora. Por ninguém.

Nem sondagem?

Absolutamente nada!

Como vê o fato de o Corinthians fechar 2013 com prejuízo de alguns milhões (o balanço só será fechado no primeiro trimestre de 2014)?

Mas isso não é exclusividade do Corinthians. Qual clube hoje está nadando em dinheiro? É uma realidade para todos.

Sente-se pronto para assumir a presidência?

Acredito que sim, por todos esses três anos como diretor de futebol e vários outros dando suporte. Mas também tenho claro que, apesar de todo o conhecimento, ainda tenho muito a aprender à frente de uma máquina como é o Corinthians.

Está se afastando do futebol para ter tempo de se dedicar à campanha eleitoral?

Vou sair porque estou cansado. Já dei minha contribuição.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos pode ser emprestado para outro clube em 2018

    Com chegada de reforço, Corinthians estuda empréstimo de Fellipe Bastos

    ver detalhes
  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes