Corinthians pensa em reforços de peso somente no segundo semestre

O primeiro semestre do Corinthians será quase todo dominado pelo Campeonato Paulista, além de ter rodadas iniciais da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.
Corinthians tentou trazer Jucilei

Corinthians tentou trazer Jucilei

O Corinthians descarta fazer contratações caras no primeiro semestre de 2014. Sem disputar a Libertadores da América, o Timão jogará o Campeonato Paulista, e as rodadas iniciais da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

O Timão pensou em trazer alguns destaques como Wellington Nem, Marcelo, do Atlético-PR, e Jucilei, do Anzhi, mas o alto valor pedido pelos clubes dos atletas fez com que o Corinthians recuasse.

Roberto de Andrade, diretor do Corinthians, já confirmou que "não dá pra fazer loucura pra jogar somente o Paulistão", e assim, o clube espera abrir o cofre somente no início do segundo semestre, quando encerra a temporada no calendário Europeu e atletas podem ser repatriados.

Até agora, a única contração dada com certa é Uendel, latera-esquerdo que veio da Ponte Preta. Rafinha, lateral-direito, esteve próximo também mas acabou acertando com o Bayern de Munique.

Corinthians pensa em reforços de peso somente no segundo semestre Corinthians pensa em reforços de peso somente no segundo semestre 0
2013-12-29T14:46:17-03:00

Veja Mais:

  • Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    [Marco Bello] Jadson pode ser o primeiro grande reforço do Timão em 2017

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade tem buscado diminuir dívidas do Corinthians a longo prazo

    Corinthians abre números, mostra dívidas diminuírem e tem lucro parcial em 2016

    ver detalhes
  • De volta ao Timão, Marciel deve enfrentar Botafogo neste sábado

    Sem Cássio, Carille surpreende e promove duas mudanças no time para pegar Botafogo

    ver detalhes
  • Carille terá 22 jogadores à disposição neste sábado contra o Botafogo

    Com só dois meias, Carille relaciona 22 jogadores contra o Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes