Últimos vencedores do paulistão tem histórico rico de confrontos, que favorece o Timão

Últimos vencedores do paulistão tem histórico rico de confrontos, que favorece o Timão

390 visualizações 10 comentários Comunicar erro

Além da hegemonia entre Corinthians e Santos no campeonato paulista, há uma história de confronto de 101 anos, que favorece o Timão em número de vitórias e gols marcados, mas contrapartida o Santos é dono do maior tabu e jejum de gols. O último encontro entre as equipes no paulistão foi na final de 2013, no empate na Vila Belmiro que concedeu o 27º título paulista para o Corinthians.


Em números, foram disputadas 192 partidas, sendo 79 vitórias do timão contra 59 do peixe, 369 gols contra 298. O maior tabu é do Santos, com 23 jogos consecutivos sem perder contra 17 do clube paulista, mas tem o maior jejum de partidas sem marcar no clássico, no total 4 partidas. A maior goleada no clássico é do Corinthians, 11 a 0 na Vila Belmiro em 1920.


Ambos mantém uma hegemonia de títulos paulista desde 2009, sendo 2 para o timão, atual campeão (2009, 2013), e 3 consecutivos para o alvinegro praiano (2010, 2011, 2012). O jogo desta quarta-feira (29/01), não há favorito, embora os últimos títulos conquistados nos últimos 5 anos, as duas equipes têm situação similar, e sem dúvida será mais um grande clássico.

Fonte: Preto e Banco é Tradição

Veja Mais:

  • Campeão paulista, Balbuena levantou sua terceira taça como jogador do Corinthians

    Corinthians anuncia renovação de contrato de Balbuena

    ver detalhes
  • Roger pode estrear pelo Timão no domingo, contra o Atlético-MG, fora de casa

    Corinthians com centroavante? Carille prevê chances pontuais a Roger até Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Sheik comemora gol sobre Mirassol na Arena; atacante vai a Salvador com Timão

    Com Sheik, sem Renê: veja lista de relacionados do Corinthians para jogo contra o Vitória

    ver detalhes
  • Carille aposta em retorno de trio para surpreender Vitória no Barradão

    Carille arma Corinthians com três mudanças para estreia na Copa do Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes