Mesmo sendo atleta do Corinthians, Jadson não poderá enfrentar o São Paulo

Mesmo sendo atleta do Corinthians, Jadson não poderá enfrentar o São Paulo

Por Meu Timão

117 mil visualizações 231 comentários Comunicar erro

Pato vai embora do jeito que o São Paulo queria

Pato vai embora do jeito que o São Paulo queria

A cada cláusula do contrato entre Alexandre Pato e Jadson, a torcida corinthiana parece estar mais insatisfeita. A gota d'água veio quando foi revelado que Jadson não poderá enfrentar seu ex-clube. A informação foi publicada nesta quinta-feira por Guilherme Palenzuela, jornalista do site UOL.

Com isso, a diretoria do Corinthians que já estava sendo duramente criticada pelo futebol apresentado nos últimos meses (desde a conquista da Recopa), agora recebe uma enxurrada de ofensas de todos os tipos de torcedores.

Vejam as cláusulas divulgadas que desfavorecem o Corinthians:

  • O Corinthians irá pagar metade do salário do Pato, pra ele jogar no São Paulo (serão quase R$5 milhões no total).
  • O Corinthians só poderá vender o Alexandre Pato se receber uma proposta acima de 15 milhões de Euros. O valor de mercado do jogador hoje é avaliado em 8 a 10 milhões de Euros segundo os sites de transferências, o que torna a cláusula uma garantia do clube do Morumbi de que o jogador não vai sair de lá tão cedo. Entretanto, em janeiro de 2015, a cláusula cai para 10 milhões de euros.
  • Se algum clube ainda assim fizer uma proposta acima do valor estipulado, o São Paulo irá levar uma parte do excedente pros cofres do Morumbi.
  • Parece surreal mas mesmo o Jadson vindo pra ser atleta do Corinthians, o jogador não poderá enfretar o São Paulo em 2014. Em caso de empréstimos (como o do Pato por exemplo) a cláusula é mais normal, mas quando os direitos federativos pertencem a outro clube, isso é completamente estranho.
  • O Timão por sua vez estipulou o valor de R$1 milhão pro jogador enfrentar o Corinthians num clássico. A diretoria do São Paulo já confirmou que o valor é "pagável" mas disse que não pretende usar do benefício.

Se o contrato é bom ou ruim, só o tempo e o futebol dentro de campo poderão responder, de toda forma, boa sorte, Jadson.

Veja Mais:

  • Carille, alvo de interesse de Al-Hilal, afirmou que a imprensa 'mente demais'

    Associação de jornalistas de São Paulo emite nota de repúdio por declarações de Carille

    ver detalhes
  • Corinthians de Maycon, Júnior DUtra & cia. está na terceira posição no Brasileirão

    Sexta rodada acaba, e Corinthians segue 'nas cabeças' do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Sheik deve renovar até o final da temporada

    Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

    ver detalhes
  • Ralf trabalhou ao lado de auxiliar da preparação física do Corinthians

    Ralf vai a campo pela primeira vez após cirurgia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes