Corinthians aguarda empresários para ter Lodeiro

Corinthians aguarda empresários para ter Lodeiro

Por Larissa Emanuelle

Lodeiro pode vir jogar no Corinthians

Lodeiro pode vir jogar no Corinthians

Em reformulação, o Corinthians ainda está em busca de jogadores com características ofensivas. Mesmo com todo o pessimismo do professor Mano, o clube alvinegro pode anunciar um novo reforço nos próximos dias: trata-se de Lodeiro, do Botafogo. O Timão espera os empresários para contratar o jogador que está no futebol carioca.

A diretoria Corinthiana aguarda um contato do fundo de investimento para fechar o negócio, já que não vê problema no valor do salário do jogador. Este fundo de investimento detém parte dos direitos do meia, por isso sua importância na negociação. O objetivo da WDS agora é comprar 50% que pertence ao Botafogo e assim, o colocaria no Corinthians.

O empresário do jogador já admitiu interesse de alguns clubes assim como propostas oficiais para ter o uruguaio. Gerardo Cano preferiu não citar os nomes dos clubes interessados, mas o destino de Lodeiro deve ser anunciado em breve.

O jogador chegaria ao Corinthians para ajudar na parte ofensiva da equipe, já que poderia disputar vaga com Luciano e Romarinho. Mano pede urgentemente novos reforços e este pode ser o primeiro. Lodeiro está pré-convocado para a Copa do Mundo e se apresenta à seleção uruguaia nesta quarta-feira.

Veja Mais:

  • Timão tenta vencer Vitória na estreia do returno de 2017

    Corinthians volta a campo pelo Brasileirão após 14 dias; confira times, desfalques, transmissão...

    ver detalhes
  • Guilherme Torres com a medalha da Recopa de 2013

    Volante Guilherme explica por que recusou Palmeiras e aceitou proposta do Corinthians

    ver detalhes
  • Grupo quer Fiel cantando 'uma só voz' na Arena Corinthians

    Torcedores criam manifesto por união das organizadas na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Fábio Carille está com sua renovação bem encaminhada

    Após conversa no CT, Corinthians trata renovação de Carille como questão de tempo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes