Em nove rodadas, Corinthians tem a melhor média de público do Campeonato Brasileiro

Em nove rodadas, Corinthians tem a melhor média de público do Campeonato Brasileiro

Por Larissa Emanuelle

7.5 mil visualizações 88 comentários Comunicar erro

Como nos últimos anos, Timão sem mantém na ponta da tabela em média de público

Como nos últimos anos, Timão sem mantém na ponta da tabela em média de público

Terceiro colocado na tabela, o Corinthians ainda mantém a sua superioridade em média de público quando se fala em Campeonato Brasileiro. Com a ajuda da nova casa, a quantidade de público que prestigiou o Timão nestas primeiras rodadas já se torna a melhor entre os vinte clubes envolvidos na competição.

Quando foi mandante no campeonato (cinco partidas), a média de público do time alvinegro alcançou 28.095 pagantes por partida. Este bom número poderia ter sido ainda melhor se os confrontos com Atlético-PR e Cruzeiro não tivessem acontecido no Canindé, por ser um estádio menor. Da mesma forma, os valores cresceriam ainda mais se todos os setores na Arena Corinthians estivessem liberados.

Em 2010,2011 e 2012, o Timão foi o clube que mais colocou público nos estádios. No último ano, só perdeu para o Cruzeiro, que teve à seu favor os mandos no Mineirão e ainda foi o campeão.

Veja as melhores médias de público até agora:

Corinthians - 28.095

Fluminense- 24.528

São Paulo - 24.001

Internacional- 15.750

Cruzeiro- 14.291

Veja Mais:

  • Antonio Roque Citadini quase não concorreu na eleição de fevereiro

    Citadini lamenta sobre eleição no Corinthians: 'Essa campanha sangrenta me tirou as chances'

    ver detalhes
  • Jean (ao centro) deve sair; lateral Romão também não convenceu comissão técnica

    Entenda por que diretoria do Corinthians ainda não se desfez de jogadores 'encostados' do elenco

    ver detalhes
  • Matheus Matias (à esq.) foi assunto na entrevista coletiva do diretor adjunto Duílio Monteiro

    Corinthians confirma porcentagem adquirida de Matheus e alerta: 'Tendência é ir devagar'

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes