Corpo de bombeiros fará uma nova vistoria na Arena Corinthians esta quinta

Corpo de bombeiros fará uma nova vistoria na Arena Corinthians esta quinta

Por Larissa Emanuelle

1.0 mil visualizações 9 comentários Comunicar erro

As arquibancadas provisórias ainda seguem em obras

As arquibancadas provisórias ainda seguem em obras

Única parte não testada completamente nos eventos que aconteceram no estádio, as arquibancadas provisórias passarão por mais uma vistoria nesta quinta-feira (05). O Corpo de Bombeiros visitaria a Arena Corinthians ainda na manhã desta quarta, mas um treinamento realizado pelo Exército adiou a análise dos bombeiros.

A vistoria será realizada para analisar o fim das obras nos assentos provisórios, o que não indica a garantia de liberação até a Copa do Mundo. As arquibancadas móveis devem ser finalizadas e entregues ainda neste fim de semana pela Fast Engenharia.

Segundo o Comitê Organizador Local, apesar dos atrasos, acredita-se que tudo estará pronto até a Copa do Mundo com total tranquilidade. O mesmo ainda garante que o local estará 100%.

A entrega destes setores deveriam ter acontecido no dia 30 de Abril. Entretanto, o acidente envolvendo um operário no local acabou prolongando as obras, sem data fixa de finalização. O Corinthians, juntamente com Andrés, já decidiu que não deve utilizar as estruturas móveis após a Copa do Mundo.

Veja Mais:

  • Top fregueses do Corinthians | #43

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Os maiores fregueses do Corinthians

    ver detalhes
  • Roger foi apresentado como novo centroavante do Corinthians nesta sexta-feira

    Roger é apresentado no Corinthians e lembra de passado torcedor na cidade de Campinas

    ver detalhes
  • Recém-chegado, Roger participou do treino do Corinthians nesta sexta-feira

    Volta de emprestado, presidente na área e Roger em campo... a sexta-feira do Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik não enfrenta Paraná Clube neste domingo

    Sem Roger nem Sheik: Carille relaciona 22 para jogo contra Paraná

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes