Arena Pantanal pode ir para Ronaldo ‘Fenômeno’ e Andrés Sanchez

Arena Pantanal pode ir para Ronaldo ‘Fenômeno’ e Andrés Sanchez

CUIABÁ- A poucas horas de sediar seu último jogo na Copa do Mundo, entre Japão e Colômbia, às 17h (horário local), a Arena Pantanal já tem futuro certo. Apesar das suspeitas de que o espaço se torne um “elefante branco”, o governo do Estado confirmou abertura de edital para processo de concessão do estádio para a iniciativa privada. “Ainda não existe data definida, mas a gestão da Arena Pantanal será terceirizada”, confirmou a assessoria.
“O Ronaldo e o Andrés Sanches demonstraram interesse em administrar a Arena Pantanal”, disse o presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Luiz Wellington da Silva. A assessoria do governador Silval Barbosa não confirmou a informação.
Pós-Copa. Os jogos do campeonato estadual serão realizados no estádio Eurico Gaspar Dutra, o “Dutrinha”. “O custo para a federação, por partida na Arena, é de aproximadamente R$ 100 mil. Não é viável colocar jogos do estadual lá. Não temos público para tamanho espaço”, informou o mandatário da FMF.
Já pelo campeonato brasileiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou, para o dia 20 de julho, o jogo entre Palmeiras e Santos, em Cuiabá. Ainda serão realizados, até o final do ano, mais quatro jogos, na Arena Pantanal, com equipes que disputam a primeira divisão do Brasileirão.”É um compromisso da CBF com nossa federação”, concluiu Wellington.

Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Treino com torcida na Arena Corinthians não é novidade

    Organizadas pedem e último treino antes do Dérbi terá presença da torcida na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes