No primeiro clássico da Arena, jogadores não poderão provocar a torcida

No primeiro clássico da Arena, jogadores não poderão provocar a torcida

Por Larissa Emanuelle

Romarinho é o carrasco do Palmeiras nos últimos anos e não poderá provocar caso faça gol

Romarinho é o carrasco do Palmeiras nos últimos anos e não poderá provocar caso faça gol

O primeiro clássico da Arena Corinthians não será apenas marcado pelo encontro do Timão e do Palmeiras no local, mas também por uma medida um tanto quanto polêmica. Em uma reunião pra definir a segurança no dia do jogo, após o pedido de torcedores, foi decidido que os jogadores não poderão provocar à torcida de maneira alguma.

A Polícia Militar deixou claro que este tipo de conduta pode gerar a punição do jogador, por incitação à violência. O assunto foi colocado em pauta após a recordação de torcedores palmeirenses à provocação do atacante Romarinho no Campeonato Brasileiro de 2012.

"Já que os representantes de Corinthians e Palmeiras estão aí, que oriente os jogadores para não fazerem provocações dentro de campo. Isso gera tumulto e quase deu tragédia no Pacaembu ano retrasado. Que os clubes orientem os jogadores para não fazerem brincadeiras, tanto Corinthians, quanto Palmeiras", afirmou um torcedor.

Outro assunto foi sobre possíveis danos ao local, onde o Palmeiras deverá arcar com os gastos se a torcida alviverde depredar o estádio do Timão. Da mesma forma com o Timão, no estádio do Palmeiras.

"Não estamos trabalhando com a possibilidade de depredação. A nossa preocupação é atender todas as pessoas muito bem. Tanto que o setor visitante é igual ao da nossa torcida, tem os mesmo recursos. Há uma prática de cavalheiros que caso haja algo quebrado no estádio o Palmeiras pagará", disse o gerente de operações da Arena.

A partida acontecerá neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians. Vice líder, o Timão busca três pontos diante do seu rival, no primeiro clássico de seu estádio.

Veja Mais:

  • Com Balbuena e Jô, Timão tenta engatar 5ª vitória consecutiva no Brasileirão

    Com novas motivações, Corinthians encara Flamengo em primeiro teste como heptacampeão

    ver detalhes
  • Antes doo Dérbi, mais de 30 mil corinthianos apoiaram os jogadores alvinegros

    Diretor se anima com chance de mais treinos abertos na Arena: 'Talvez antes do próximo jogo'

    ver detalhes
  • Vágner Love foi quem marcou no empate decisivo para sagrar o título do Corinthians

    Há dois anos, Corinthians garantia hexa do Brasileirão com empate no Rio de Janeiro

    ver detalhes
  • Camacho vibra ao comemorar gol do Corinthians no Dérbi

    Camacho elege partida mais marcante do hepta do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes