Gasto do Corinthians com PM diminui bastante o lucro de bilheteria

Gasto do Corinthians com PM diminui bastante o lucro de bilheteria

Por Meu Timão

3.2 mil visualizações 49 comentários Comunicar erro

Custo com policiamento aumentou 520%

Custo com policiamento aumentou 520%

O preço pago pelos clubes para garantir a segurança nos estádios de São Paulo teve um aumento considerável em 2014. Nessa segunda-feira o Jornal Folha de São Paulo publicou uma matéria explicando que o aumento chegou a 520%.

Pra exemplificar o tamanho do aumento, em apenas uma partida do Timão (o clássico contra o Palmeiras), o Corinthians gastou mais com segurança do que em todos os outros jogos em que foi mandante no Brasileirão 2013. Ao todo os custos do Timão com a polícia militar no clássico foram de R$ 123.287,01 neste duelo, contra R$ 100.930,13 nos 19 jogos do Brasileirão 2013.

Se a média do gastos com segurança se manter acima nesse novo patamar, ao longo do ano, em 2015 se o Corinthians disputar a Libertadores, a Copa do Brasil, o Paulistão e o Brasileiro, o custo do Timão com policiamento pode superar 4 milhões de reais.

Vale lembrar que mesmo pagando R$123 mil aos policiais, 258 cadeiras foram quebradas no estádio gerando um prejuízo de aproximadamente R$50 mil reais.

Veja Mais:

  • Jair passa orientação a Thiaguinho, novo segundo volante titular do Timão

    Jair pode repetir Corinthians para duelo com Atlético-PR; veja única dúvida na escalação

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes