São Paulo vai tentar acordo amigável com o Corinthians pela escalação de Pato

São Paulo vai tentar acordo amigável com o Corinthians pela escalação de Pato

Por Meu Timão

35 mil visualizações 182 comentários Comunicar erro

São Paulo quer tentar acordo para usar Pato

São Paulo quer tentar acordo para usar Pato

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A diretoria do São Paulo já definiu que vai tentar, de maneira amigável, entrar em acordo amigável com o Corinthians para que Pato e Jadson possam atuar no clássico de domingo.

A proposta "oficial" por esse acordo ainda não foi feita, mas já é considerado certo por parte dos dirigentes corinthianos que qualquer iniciativa desse tipo será recusada.

A única possibilidade aceita é o rival pagar a multa estipulada em contrato de empréstimo dos jogadores. E o valor não é baixo: R$ 1 milhão de reais e, pelo que se sabe, nenhuma das agremiações vai desembolsar esse valor.

- Não nos incomoda ver o Jadson jogando pelo Corinthians e claro que queremos o Pato atuando até pelo bom momento que vive. Só que isso tudo ainda é procedimento estudado. Só vamos agir depois do duelo contra o Coritiba (quarta-feira) - disse o gerente de futebol do São Paulo, Gustavo Vieira de Oliveira.

Pelo lado do Timão, a posição oficial é de que Jadson não será usado em hipótese alguma, seja por pagamento de multa ou acordo com o São Paulo.

Veja Mais:

  • Alex Teixeira tem acordo verbal com o Timão até o final do ano

    Corinthians pode inscrever Alex Teixeira na Libertadores mesmo sem fechar acordo; entenda

    ver detalhes
  • Rodriguinho comemora golaço na Arena Corinthians

    Com golaço e até 'nó tático', Corinthians detona Palmeiras e vence primeiro Dérbi de 2018

    ver detalhes
  • Abraçado pelo elenco na foto, Rodriguinho também ganhou carinho da Fiel no Notas da Torcida

    Rodriguinho brilha em campo e Carille fora: Fiel elege craques do Corinthians no Dérbi

    ver detalhes
  • Fábio Carille estreou novo esquema tático na vitória do Corinthians sobre o Palmeiras

    Carille admite 'passinho pra trás', festeja novo esquema, mas cogita mudança na estreia da Liberta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes