Se quiser ser jogador do São Paulo, Pato terá que abrir mão de uma bolada

Se quiser ser jogador do São Paulo, Pato terá que abrir mão de uma bolada

Por Meu Timão

Pato pode abrir mão de uma bolada para ser jogador do São Paulo

Pato pode abrir mão de uma bolada para ser jogador do São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O rival São Paulo tornou pública a vontade de ter Alexandre Pato de forma definitiva em seu plantel.

Contudo, para isso, o clube do Morumbi teria que desembolsar os 10 milhões de euros exigidos pelo Timão e ainda terá que contar com a vontade do jogador que teria que abrir mão dos R$ 3,6 milhões em seus vencimentos totais que são relativos até o final do vínculo com o Coringão.

Atualmente, o atleta recebe recebe R$ 400 mil na Carteira de Trabalho pagos diretamente do São Paulo (que custam, na verdade, R$ 510 mil aos cofres do time tricolor, graças aos custos tributários de 27,5% de Imposto de Renda) e mais R$ 400 mil como Pessoa Jurídica vindos do Corinthians.

O contrato do atleta com o Timão vai até o meio de 2016 e seu empréstimo com o eterno freguês vai até dezembro de 2015. Como Pato tem os salários garantidos de R$ 800 mil garantidos até o fim do contrato, ele perderia esses 3,6 milhões de reais caso decida acertar em definitivo com o São Paulo.

Por outro lado, a venda que seria de "apenas" 30 milhões de reais, pode aumentar para 33,6 milhões, levando em conta a "economia" com os vencimentos de um jogador que nem está mais no plantel alvinegro.

Segundo o portal ESPN, a diretoria do SPFC quer acertar o salário máximo do atacante na casa dos R$ 600 mil reais,o que só o deixaria atrás de Rogério Ceni, com ganhos de R$ 700 mil, mas com aposentadoria marcada para o fim do ano.

Para comparação, o meia Kaká fatura aproximadamente R$ 500 mil do São Paulo -, já que o Orlando City banca a outra metade da remuneração -, Luis Fabiano ganha cerca de R$ 550 mil e Alan Kardec fica nos R$ 350 mil.

Vontade Eles Têm, Mas E O Dinheiro?

Para que essa contratação dê certo, o São Paulo tem que conseguir os 10 milhões de euros exigidos pelo Corinthians (Valor que será válido a partir de janeiro de 2015).

Contudo, a difícil situação financeira do rival pode ser um empecilho. Um dos seus diretores, Ataíde Gil Guerreiro, já falou em fazer uma "ginástica" para alcançar esse valor. Resta torcer para que eles consigam e livrem o Timão dessa despesa.

Veja Mais:

  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi palco de semifinal da Copinha em 2016

    FPF nega semifinal na Arena, libera Paulista em Jundiaí e volta a irritar diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes