Ex-presidente do Corinthians pede 'calma' com a renovação de Guerrero e ataca Paulo André

Ex-presidente do Corinthians pede 'calma' com a renovação de Guerrero e ataca Paulo André

Por Meu Timão

André Sanchez foi o convidado da TV Gazeta

André Sanchez foi o convidado da TV Gazeta

O ex-presidente alvinegro, Andréz Sanchez, foi o convidado do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, e discursou sobre diversos assuntos envolvendo o Coringão.

Os momentos mais tensos da participação do ex-cartola e atual deputado federal foram com relação à renovação de Guerrero e sobre o processo movido por Paulo André contra a equipe.

Sanchez nem foi questionado sobre o zagueiro e demonstrou grande irritação com as cobranças feitas na Justiça do Trabalho.

- Rescindimos três vezes o contrato dele três vezes. Eu mesmo rescindi duas, porque ele achou que tinha que ter aumento. Para aumentar, você tem que rescindir e fazer um novo contrato. Ele está dizendo que foi obrigado a romper, que foi unilateral. Adoro o Paulo André, mas é brincadeira ele fazer isso - atacou.

Quando o assunto foi a renovação do camisa 9 do Coringão, o tom foi de cautela e respeito com o atleta. Contudo, o político acredita que o Coringão não pode e nem deve fazer nenhuma loucura para manter o atacante.

- Acho que tem que renovar, mas sem loucura. Sumiu o dinheiro do futebol neste ano, de uma maneira geral, e o ano que vem vai ser difícil também. Nos últimos anos, houve exagero demais. Uma hora, tem que brecar. Tem que renovar com ele? Tem, mas sem fazer loucura', finalizou o ex-presidente.

Veja Mais:

  • Com contas aprovadas, Roberto de Andrade evitou novo processo de impeachment

    Em votação tensa, gestão de Roberto de Andrade tem finanças aprovadas por Conselho do Corinthians

    ver detalhes
  • Timão prepara novo mosaico para ser exibido na decisão do Paulista

    Corinthians prepara novo mosaico para final do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Inaugurada em 2014, Arena tem custo total avaliado em R$ 1,6 bilhão

    Corinthians foi omisso com projeto da Arena, aponta auditoria

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes