Apesar do pedido 'um pouco fora do limite', candidato da situação se diz otimista na permanência de Guerrero

Apesar do pedido 'um pouco fora do limite', candidato da situação se diz otimista na permanência de Guerrero

Por Larissa Emanuelle

Roberto de Andrade no CT do Corinthians

Roberto de Andrade no CT do Corinthians

Em entrevista concedida à TV Bandeirantes, no programa 'Os donos da bola', o candidato da situação, Roberto de Andrade, acredita que o pedido de Guerrero foi 'um pouco fora do limite', mas se diz otimista pela permanência do jogador.

'O Guerrero está pedindo um valor um pouco fora do limite do clube. É um valor alto para o mercado de hoje, pela situação dos clubes. Não que não mereça pelo atleta que é. Só que existe um limite para o clube'.

Para Roberto, a renovação de contrato do centroavante não pode se arrastar até a próxima temporada.

'Estamos dispostos a fazer tudo e mais um pouco para acertar tudo. Ele está chegando da seleção peruana. Vamos sentar e conversar diretamente com ele. Estou bastante otimista'.

Guerrero tem reafirmado o interesse de permanecer no Timão e espera uma posição da diretoria Corinthiana, que afirma que o valor das luvas pedido pelo peruano é bastante alto.

O camisa 9 é o artilheiro do Corinthians na temporada, assim como também da nova casa alvinegra. O atleta deve retornar à equipe principal neste domingo, diante do Grêmio.

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Giovanni Augusto está fora do jogo deste sábado

    Corinthians se reapresenta pós-Dérbi: Giovanni Augusto volta a treinar e dupla segue fora

    ver detalhes
  • Vitor Hugo publicou vídeo nesta quinta-feira

    Em rede social, Vitor Hugo publica vídeo com pedido de desculpas a Pablo; confira

    ver detalhes
  • Thiago Duarte chegou a chorar após a partida por conta do erro

    Árbitro retifica súmula do clássico entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes