Guerrero afirma que seu plano era ser campeão mundial e retornar a Europa

Guerrero afirma que seu plano era ser campeão mundial e retornar a Europa

Por Meu Timão

47 mil visualizações 87 comentários Comunicar erro

Guerrero deu uma boa entrevista ao SporTV

Guerrero deu uma boa entrevista ao SporTV

Em uma longa entrevista concedida ao Arena SporTV, o peruano Paolo Guerrero afirmou que, seu plano inicial no Coringão, era ser campeão do mundo e depois retornar para o Velho Continente.

Autor dos dois gols do time no Mundial, contra Al-Ahly e Chelsea, o atacante resolveu ficar, comemorou mais títulos em 2013 e hoje é o principal ídolo da nação alvinegra.

- Nunca revelei isso, mas quando vim para o Corinthians a minha intenção era ficar na Europa. Eu queria sair do Hamburgo, onde estava há seis anos, e quando estava de férias no Peru chegou uma proposta que eu não sabia muito a respeito. A decisão seria dos meus pais e quando contei a eles, ficaram frios. Não sabiam de quem se tratava e brigaram comigo: 'Como você vai sair da Europa para voltar para a América do Sul? A sua vida é lá há dez anos, fique mais'. Falei que não, que o time tinha acabado de ganhar a Libertadores, que ia jogar o Mundial e que eu queria ganhá-lo. Meus pais ficaram bravos: 'A imprensa dirá que você baixou o seu nível, você tem possibilidades na Europa' . Assinei e meu objetivo na cabela era ganhar o Mundial e voltar para a Europa, vim só para o Mundial. Mas peguei muito carinho pelo Corinthians, fiquei feliz e estou até hoje aqui - relatou o camisa 9 do Timão.

O atacante afirmou ainda que toma todas as decisões de sua carreira com ajuda de da mãe, Petronila Gonzales, e do pai, José Guerrero. Com contrato até a metade do próximo ano apenas, certamente aproveitará as férias para conversar com eles a renovação, que ele deixa nas mãos da diretoria.

- Sempre disse que quero renovar. Estou esperando a decisão. Sou agradecido com o torcedor, com a comissão técnica, gosto de morar em São Paulo, então minha intenção é a de ficar. Deixo com meus empresários. Depois das férias tenho uma reunião com eles. Agora estou apenas focado no último jogo, pois esperamos ficar com o terceiro posto para ter a vaga definida na Libertadores - diz, sobre o jogo contra o Criciúma, sábado, que pode fazer o time terminar o Brasileirão em terceiro, garantido na fase de grupos da Libertadores.

Ainda sobre a vinda ao Timão em 2012, Guerrero conta que não voltou para a Europa para buscar suas coisas, o que fez com que ele tivesse que gastar muito dinheiro aqui no Brasil.

- Ia no shopping quase todo dia comprar roupas, vim com poucas e às vezes ia com a mesma treinar. Vocês sabem que meu estilo não é assim, tento vir sempre arrumadinho, né? (risos). Não tinha quase roupas no Peru. Vim com uma mala e fiquei - recorda-se.

Veja Mais:

  • Sheik promoverá pelada beneficente de despedida do Timão na Arena

    Corinthians e Emerson Sheik acertam jogo de despedida na Arena

    ver detalhes
  • Sob comando de Barroca, Timão perde a primeira e dá adeus ao Brasileiro Sub-20 na segunda fase

    Corinthians é superado no Barradão e se despede do Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Atletas também serão envolvidos em ação que visa estimular transplantes de órgãos e tecidos

    Corinthians abraça campanha e apagará próprio escudo em prol da doação de órgãos

    ver detalhes
  • Basquete do Corinthians se impôs como visitante e venceu o líder Bauru

    Corinthians supera líder Bauru fora de casa e volta a vencer pelo Paulista de Basquete

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes