Destaque em vitória do Estoril, Lulinha projeta evolução

Destaque em vitória do Estoril, Lulinha projeta evolução

Por Meu Timão

Considerado como a 'eterna promessa' no Parque São Jorge, o meia-atacante Lulinha, que chegou a ter sua multa rescisória estipulada em € 50 milhões, deixou o Parque São Jorge no final de julho para defender, por empréstimo, o modesto Estoril, da Segunda Divisão do Campeonato Português. Na quarta-feira, no entanto, o garoto voltou às manchetes.

Autor de um dos gols de sua equipe na vitória por 2 a 0 sobre a Olhanense, pela Taça da Liga de Portugal, o ex-corintiano ajudou o Estoril a eliminar o rival - que disputa a Primeira Divisão Nacional - do torneio e a colocar seu time na terceira fase da competição.

"Estamos crescendo como equipe e um resultado como esse é bom para todo o grupo, pois aumenta nossa confiança", comentou Lulinha, a princípio, deixando seu sucesso individual abaixo do coletivo.

O jogador não negou, no entanto, que o gol marcado na tarde de quarta-feira poderá ajudá-lo a provar que todo o status adquirido ainda nas categorias de base do Timão não foi em vão. "Esse é o meu objetivo. Espero me firmar cada vez mais e é isso o que espero que aconteça até o fim da temporada", concluiu.
Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Arena Corinthians deve receber dois amistosos antes do Paulistão

    Corinthians e Peñarol conversam por amistoso na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians tenta seduzir Drogba com proposta de parceria com Fundação

    Em cartada final por Drogba, Corinthians oferece três 'presentes' à fundação do marfinense

    ver detalhes
  • Jadson vestiu a camisa 10 do Corinthians durante o hexa brasileiro

    Clube chinês libera Jadson, que fica livre para negociar retorno ao Corinthians

    ver detalhes
  • Com Pedrinho, Timão tenta chegar aos oito melhores da Copinha

    Corinthians decide vaga às quartas da Copinha contra o Internacional

    ver detalhes

Lulinha tem condições técnicas de um dia voltar a jogar pelo Corinthians?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes