Jonas custaria 140% mais caro pro Timão do que custou para o Flamengo

Jonas custaria 140% mais caro pro Timão do que custou para o Flamengo

Por Meu Timão

Jonas chegou a estar apalavrado com o Corinthians

Jonas chegou a estar apalavrado com o Corinthians

Poucas semanas atrás, o volante Jonas, ex-Sampaio Corrêa, chegou a estar apalavrado com o Corinthians, mas o Timão desistiu do negócio e chegou até a comemorar não tê-lo trazido, o que seria um erro segundo o diretor financeiro Raul Corrêa. Dias depois, o Flamengo acabou fechando com o atleta, mas o estranho foi o valor da negociação, custando apenas 43% do valor que foi pedido para o Corinthians.

Para jogar no Timão, os empresários do atleta pediram 50% dos diretos do atleta por R$3 milhões. Já para jogar no Flamengo, Jonas custou apenas R$2 milhões, por 80% do passe. A informação levantada por Mauro Cezar, da ESPN.

Em contas básicas, o valor total do passe de Jonas custaria R$2.5 milhões para o Flamengo e R$6 milhões para o Timão, um aumento de 140% dos direitos econômicos se o Timão tivesse fechado com o atleta.

Não é a primeira vez que algum empresário tenta extrair mais dinheiro do Corinthians. Uma história que ficou famosa foi a de Rafael Moura, em 2007, que pedia R$400 mil de salário para jogar no Timão, mas acabou fechando com o Fluminense, semanas depois, por R$250 mil.

Veja Mais:

  • Timão venceu rival brasileiro em Orlando e carimbou classificação à final da Florida Cup Playoff

    Em noite de estreias e gol de Kazim, Corinthians goleia o Vasco na Florida Cup

    ver detalhes
  • Craque da partida, Kazim marcou um gol e deu uma assistência em apenas 45 minutos; Cristian foi abaixo

    Time reserva supera titular em notas da partida

    ver detalhes
  • Carille já foi avisado que Fagner e Rodriguinho podem ser convocados

    Além de Fagner, meia do Corinthians pode ser chamado por Tite para a Seleção Brasileira

    ver detalhes
  • Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    [Marco Bello] Jadson coloca Corinthians como prioridade após retorno ao Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes