Grupo cria robô que prejudica o sistema Fiel Torcedor

Grupo cria robô que prejudica o sistema Fiel Torcedor

Por Meu Timão

Fila de ingressos era comum antes do programa Fiel Torcedor

Fila de ingressos era comum antes do programa Fiel Torcedor

[[BANNER]]

O programa Fiel Torcedor que, entre outras vantagens, dá direito aos corinthianos adquirirem ingressos para os jogos do Timão tem vivido uma verdadeira explosão nos últimos anos, saltando de 40 mil para 73 mil sócios cadastrados.

Para o Corinthians (e para todos os clubes de futebol do mundo), quanto mais gente melhor. O problema é que por muitas vezes há mais procura por ingressos do que lugares disponíveis no estádio.

Por conta disso, o Timão tem oferecido prioridade na reserva de ingressos para os clientes mais assíduos, que por mais vezes compraram ingressos. Ainda assim, quando o sistema do Fiel Torcedor libera os ingressos de jogos importantes aos torcedores restantes, como clássicos ou Libertadores, a situação por muitas vezes fica caótica, principalmente na procura pelos tickets de valor menor.

Na tentativa de oferecer um serviço que facilitasse a reserva de ingressos, um grupo criou um site, chamado de "Reserva Fiel", onde você paga 5 reais e o sistema deles reserva automaticamente os ingressos dos jogos no lugar desejado pelo torcedor.

O funcionamento disso é através de "robôs", chamados de "bots". Ao se cadastrar no "Reserva Fiel", você passa seu login e senha do Fiel Torcedor, e na hora que o ingresso é liberado, o sistema do grupo poderá tentar centenas de vezes por minuto a reserva no lugar desejado.

O problema é que, se pro torcedor já era difícil fazer isso sem a concorrência robôs, conseguir ingressos ao lado dos "bots", fica mais complicado ainda. Além disso, um sistema de "bots" direcionados pode inclusive congestionar o site do programa.

Fácil para o Corinthians resolver

O uso de robôs para auxiliar em tarefas humanas normalmente é bem-vindo, mas quando se trata de levar vantagem em cima de outros humanos, definitivamente não. Por conta disso, ticketerias costumam usar o sistema conhecido como "captcha", que obriga você a digitar algumas letras, tortas, pra provar que você não é um robô programado.

Exemplo de captchaExemplo de captcha

Em entrevista a ESPN, o diretor de operações do Corinthians, Lúcio Blanco, disse que o Corinthians deverá tomar providências contra o sistema do grupo.

- A gente conversou com o nosso jurídico para ver qual é o próximo passo e também estamos tomando uma medida que acaba prejudicando o torcedor que faz o certo, vamos criar mais um passo no sistema de compra do ingresso pelo qual esse robô não conseguiria passar e inviabilizaria esse novo produto - disse Blanco.

Segundo Lúcio Blanco, o Corinthians ficou sabendo da atividade do site após o término da partida contra o Corinthian-Casuals, onde o grupo entregou panfletos divulgando o serviço de reservas.

- Tomei um susto, não conheço dessa área, meu primeiro pensamento é que o cara tivesse nosso banco de dados ou coisa do gênero. Nossa T.I me disse que não se trata disso, que quem fez isso criou um robô que entra no sistema do Fiel Torcedor mais rápido do que uma pessoa conseguiria - comentou Lúcio ao site da ESPN.

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes