Através do site oficial, Corinthians critica atraso da prefeitura sobre Arena

Através do site oficial, Corinthians critica atraso da prefeitura sobre Arena

Por Meu Timão

Roberto de Andrade foi firme na cobrança à Prefeitura

Roberto de Andrade foi firme na cobrança à Prefeitura

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Mais veemente, a nova diretoria do Corinthians, liderada por Roberto de Andrade, começou a rever - e cobrar - antigas parcerias não cumpridas com o Timão. A principal delas é a novela das liberação do CIDs pela Prefeitura de São Paulo, que eram parte fundamental do planejamento financeiro da construção da nova arena.

Embora a construção da Arena já fosse prevista, seu uso para a Copa do Mundo acarretou custos maiores que os previstos no projeto inicial do Timão. Por isso, na época, o prefeito Gilberto Kassab, temendo ver a cidade fora da abertura da FIFA, acertou acordo com o Corinthians para viabilizar a construção.

Esse acordo implicaria na liberação de CIDs - Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento - uma vez que a obra valoriza o entorno e gera desenvolvimento na região. Uma vez gerados, esses títulos podem ser comprados por investidores que injetariam dinheiro nos custos da Arena e em troca, receberiam subsídios fiscais do munícipio, em forma de deduções de impostos.

O problema é que a troca na gestão municipal mexeu com o acordo - o prefeito Fernando Haddad tem sido omisso com a questão. A não liberação dos títulos, porém, afeta todo o planejamento financeiro da quitação da dívida - e vem prejudicado os cofres do Timão. Por esse motivo, Roberto de Andrade encabeçou uma cobra pública através do site oficial.

Confira alguns trechos da matéria:

"[...] o Prefeito Fernando Haddad parece se esquecer dos benefícios trazidos ao município, principalmente os milhões de reais decorrentes do crescimento da arrecadação de impostos, em função da Copa do Mundo de futebol na Arena Corinthians, que foi palco inclusive do jogo de abertura, além de mais cinco partidas.

[...] Mais do que nunca, é preciso que ele perceba a gravidade da situação, porque o atraso dos CIDs está provocando uma elevação insustentável da dívida do clube, em função do pagamento dos juros dos empréstimos bancários contraídos para que a Arena ficasse pronta a tempo e de acordo com as exigências da Fifa. Só os juros já representam R$ 80 milhões da dívida.

[...] A nova diretoria teme ainda pela realização das partidas de futebol das Olimpíadas de 2016 previstas para ocorrer na Arena Corinthians. Enfim, o Corinthians entende que fez sua parte para que a cidade de São Paulo ocupasse um lugar de destaque na Copa do Mundo de 2014. A Arena do Corinthians cumpriu o seu papel de vanguarda na modernidade tão desejada para os estádios do país. Somos e fomos parceiros do município no desafio vencido e reconhecido pelo país e o mundo. O que o clube espera agora é que esses esforços sejam finalmente reconhecidos, mas sem pedir nada a mais dos que foi acordado com a Prefeitura, só o dinheiro dos CIDs."

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes