Presidente do Danubio admite ofensa, mas minimiza: 'Momento de sangue quente'

Presidente do Danubio admite ofensa, mas minimiza: 'Momento de sangue quente'

Por Meu Timão

Elias foi alvo de injúria racial na Arena Corinthians

Elias foi alvo de injúria racial na Arena Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O presidente Óscar Curutchet, do Danubio, confirmou que o zagueiro Christian González xingou o volante Elias de "macaco" durante a vitória do Corinthians, na última quarta-feira, na Arena.

"Entrei em contato com a delegação. Efetivamente foi um momento de sangue quente e as reações que se pode ter em um momento desses, mais ainda depois de sofrer uma derrota como essa. O do Cristian é isso ai, a expressão é essa ("macaco"). É uma expressão não habitual no futebol uruguaio, perguntaram o que ele disse e foi isso. Não quis gerar um insulto maior, houve insultos muito mais fortes de jogadores do Danubio aos brasileiros e do outro lado também", declarou, em entrevista à rádio Sport 890, do Uruguai.

Elias contou, após o jogo, que foi chamado de "macaco" pelo uruguaio duas vezes durante o jogo. O camisa 7 do Timão optou por não abrir um boletim de ocorrência e somente pediu para o árbitro relatar o ocorrido na súmula. Algo que não aconteceu.

Óscar Curutchet confirmou que o clube não foi procurado pela Conmebol, mas afirmou que também houve provocações do lado dos jogadores do Corinthians e que o zagueiro uruguaio não pode ser difamado pelo ato.

"Não quero justificar o ato de Christian, que é um garoto de 18 anos e de bem, mas não vou o difamar pelo o que aconteceu. É um momento do jogo. Segundo nos comentaram os jogadores foi difícil suportar as injustiças durante a partida. Houve muitas provocações", finalizou o dirigente.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes