Guerrero treina pela primeira vez depois da dengue; veja o vídeo

Guerrero treina pela primeira vez depois da dengue; veja o vídeo

Guerrero retornou aos treinos, nessa quinta-feira

Guerrero retornou aos treinos, nessa quinta-feira

Foto: Reprodução / Daniel Augusto Jr.

Nessa quinta-feira, o atacante Paolo Guerrero treinou pela primeira vez depois de se recuperar de um quadro de dengue. O jogador permaneceu na academia, mas o Corinthians divulgou um vídeo com imagens do treinamento.

O atacante fez exercícios leves, sob a supervisão do fisioterapeuta Caio Mello e do auxiliar de preparação física, Shih Chien Chan Junior. A previsão é que ele precise de cerca de dez dias para retomar a forma física ideal.

Paolo Guerrero ficou internado desde a manhã do confronto com a Ponte Preta, pelo Paulistão, com quadro de dengue. Recuperado, o jogador passou por exames nesta quarta de manhã e foi liberado para retornar aos treinamentos.

O peruano contou com a presença dos companheiros de elenco na academia nessa quinta-feira. Todos os jogadores que atuaram por mais de 45 minutos contra o São Paulo também ficaram na academia fazendo trabalho regenerativo. O trio de ataque, Love, Sheik e Mendoza treinou normalmente no gramado com os reservas.

Confira o vídeo publicado pelo Corinthians

Veja Mais:

  • Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    Corinthians volta a brincar sobre confusão do Dérbi e promete novidade no uniforme

    ver detalhes
  • Furlan apita sexta partida do Corinthians na carreira

    Após polêmica no Dérbi, FPF define trio de arbitragem para próximo jogo do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assegurou que o espaço (acima do número) está livre para ser negociado

    Patrocinador não cumpre acordo e Corinthians já negocia espaço do uniforme

    ver detalhes
  • Jadson deve reestrear pelo Corinthians apenas na próxima quarta-feira

    Corinthians divulga lista de relacionados para pegar Mirassol sem nenhum meia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes