Na 'contramão' do elenco, meia critica árbitro: 'Não estava numa noite feliz'

Na 'contramão' do elenco, meia critica árbitro: 'Não estava numa noite feliz'

Por Meu Timão

Renato criticou a arbitragem do clássico contra o São Paulo

Renato criticou a arbitragem do clássico contra o São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Acostumado a fugir das declarações 'politicamente corretas' dos jogadores de futebol, o meia Renato Augusto não deixou de criticar Sandro Meira Ricci, juiz que apitou a derrota por 2 a 0 do Timão para o rival São Paulo. A declaração do jogador destoou dos depoimentos de alguns jogadores e até do presidente Roberto de Andrade que, após a partida, preferiram não comentar sobre os lances polêmicos da arbitragem.

"Eu acho que quem foi para o estádio ontem (quarta-feira) não viu um jogo de futebol. Desde o inicio, foi uma arbitragem ruim. Acho ele (Sandro Meira Ricci) um dos melhores do Brasil, mas ontem não estava numa noite feliz, não deixou o jogo correr, ter espetáculo. Quando, num jogo, você vê que a principal pessoa em campo é o arbitro, alguma coisa está errada. Errou bastante, comprometeu bastante, quem pagou ingresso não viu nada", declarou Renato Augusto, durante entrevista coletiva no CT.

As principais reclamações do jogador referem-se à expulsões de Emerson Sheik e Stiven Mendoza, no primeiro e segundo tempo, respectivamente. "Nós tentamos fazer um bom jogo contra o São Paulo, mas tivemos tudo que aconteceu ontem, as expulsões e não conseguimos jogar", explicou Renato.

O próximo jogo do Corinthians, agora, será no dia 6 de maio, contra o Guaraní (PAR), pela primeira partida das oitavas da Taça Libertadores. Até lá, o Timão terá tempo de sobra para se preparar. "Não vai ser uma derrota que vai diminuir nosso trabalho, vamos continuar focados, vamos ter tempo para trabalhar, para descansar, já que muitos jogadores chegaram à exaustão. Esse tempo será importante", completou.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes