Eliminado, técnico do San Lorenzo questiona 'gana' do Timão no Majestoso

Eliminado, técnico do San Lorenzo questiona 'gana' do Timão no Majestoso

Por Meu Timão

Com gol de Elias, o Timão bateu o San Lorenzo na Argentina durante o fase de grupos da Libertadores

Com gol de Elias, o Timão bateu o San Lorenzo na Argentina durante o fase de grupos da Libertadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Mesmo perdendo para o Danubio (URU) por 1 a 0, o técnico Edgardo Bauza, do San Lorenzo (ARG), questionou a postura do Corinthians no clássico com o São Paulo. De acordo com o treinador, o líder do Grupo 2 da Taça Libertadores não teve a mesma vontade apresentada em jogos anteriores.

"Não vi o Corinthians com muita gana de vencer o São Paulo, com o mesmo desejo de outras partidas. Eles já estavam bem posicionados na classificação, não precisavam ganhar", declarou Bauza, em entrevista ao jornal Clarín, da Argentina.

"A derrota (do São Paulo) nos liquidava, mas o empate nos dava mais uma chance", disse. Caso o Timão vencesse o rival, o San Lorenzo dependeria apenas de uma vitória contra o Danubio (URU) em casa. Mesmo assim, o time do Papa sequer derrotou o clube uruguaio e deixou a competição sul-americana.

Já um membro da comissão técnica do time argentino tentou explicar a eliminação, afirmando que a equipe jogou mais que o Corinthians no primeiro duelo do continental, disputado no Nuevo Gasómetro. "Nós merecemos ganhar do Corinthians na partida disputada aqui na Argentina, perdemos para o São Paulo no último minuto e empatamos com o Corinthians jogando fora de casa. O que mais poderíamos ter feito?", finalizou.

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes