Na Libertadores, olheiro do Timão alerta: 'Serão dois jogos muito difíceis'

Na Libertadores, olheiro do Timão alerta: 'Serão dois jogos muito difíceis'

Por Meu Timão

Mauro (à direita) observou o Guaraní durante a Copa Libertadores

Mauro (à direita) observou o Guaraní durante a Copa Libertadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

De todos os cinco clubes brasileiros que avançaram às oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Corinthians foi o que pegou o adversário mais fraco. Entretanto, para o olheiro do timão, Mauro da Silva, a tarefa alvinegra não será tão moleza assim.

“Pode escrever aí: serão dois jogos muito difíceis. É que pouca gente sabe, mas o Guaraní venceu o Racing por 2 a 0 em casa com muita autoridade. Poderia ter sido até um placar ainda mais elástico”, contou o olheiro, em entrevista ao colunista Jorge Nicola.

O Guaraní é somente a sexta força do Paraguai. Com uma folha salarial inferior a R$ 1 milhão, o clube conseguiu surpreender e vencer o time argentino que terminou a primeira fase da competição como líder do Grupo 8.

Para o observador do Corinthians, o maior perigo está no ataque adversário. “O Santander tem cinco gols e está brigando pela artilharia da Libertadores. O Fernández também faz gol com muita facilidade. E é um time que atua junto há dois anos, então varia os esquemas táticos durante a própria partida", explicou.

A casa do clube paraguaio é o estádio Rogelio Livieres, com capacidade para apenas oito mil pessoas. Por isso, a partida contra o Timão será disputada no Defensores del Chaco, em Assunção, do Olímpia.

“Contra nós, eles também não poderão atuar em casa. Vamos jogar no Defensores del Chaco, que é um campo maior, acostumado a receber grandes confrontos”, completou.

O Corinthians enfrenta o Guaraní, no Paraguai, no próximo 6 de maio. O jogo de volta, na Arena, será na quarta seguinte, 13 maio.

Veja Mais:

  • Campeão da Copinha, o jovem Pedrinho pode estrear na quarta-feira

    Com Pedrinho e Jadson, Corinthians divulga relacionados para pegar o Brusque; Rodriguinho fora

    ver detalhes
  • Jadson é opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1º

    Jadson viaja a Santa Catarina e pode fazer a reestreia pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Carille comandou trabalho do Corinthians no CT antes de viagem a Brusque

    Com Jadson, Corinthians se reapresenta e faz último treino no CT; Camacho retorna

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians na capital paulista é do tamanho das três rivais juntas

    Nova pesquisa aponta tamanho da Fiel igual à soma das três torcidas rivais

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes