Meia do Timão próximo de assinar com o Palermo, diz site italiano

Meia do Timão próximo de assinar com o Palermo, diz site italiano

Por Meu Timão

Cassini estaria próximo de acerto com Palermo, da Itália

Cassini estaria próximo de acerto com Palermo, da Itália

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Sem oportunidades na equipe principal do Corinthians, o meia Matheus Cassini pode estar de malas prontas para a Europa. Segundo o portal italiano "Calcio News 24", o meia estaria com negócio praticamente fechado com o Palermo, da Itália.

De acordo com a publicação, as negociações entre o clube italiano e a Art Sports Management, empresa brasileira que cuida dos interesses de Cassini, estão bem encaminhadas. O Palermo aguarda apenas a negociação do atacante Paulo Dybala para o Juventus, que renderia o dinheiro necessário para a compra do brasileiro.

O Palermo estaria disposto a pagar cerca de 1,5 milhão de euros (aproximadamente R$ 5.1 milhões de reais) para tirar Cassini do Corinthians. A proposta envolve um contrato de cinco anos com salário de 240 mil euros por temporada (aproximadamente R$70 mil por mês).

No portal, Cassini é destacado como um meia com grande técnica individual, com visão de jogo e velocidade, que está acostumado a "servir assistências" aos companheiros de equipe. O texto também lembra que o meia foi campeão paulista das categorias sub-15, sub-17 e sub-20 e do Brasileirão sub-20.

Veja Mais:

  • Alan Mineiro tem contrato com o Corinthians até o fim de 2018

    Após impasse, meia do Corinthians é anunciado como reforço do Fortaleza

    ver detalhes
  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes