Ewerthon, ex-Corinthians, é vítima de racismo na Espanha

Ewerthon, ex-Corinthians, é vítima de racismo na Espanha

Por Meu Timão

Ewerthon diz que não xingou mãe de rival

Ewerthon diz que não xingou mãe de rival

Mais um brasileiro vítima de racismo na Europa. O atacante Ewerthon, do Zaragoza, foi xingado por Apoño, do Málaga, durante o empate de 1 a 1 no último domingo. Após o jogo, o espanhol admitiu ter se dirigido ao brasileiro como “negro” porque o ex-corintiano teria ofendido sua mãe.

- Ele xingou minha mãe e a verdade, por esse motivo, é que eu o chamei de negro – disse o Apoño.

Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM, Ewerthon negou que tenha ofendido a mãe do camisa 10 do Málaga, mas preferiu não comentar sobre o caso de racismo sem autorização do clube.

A confusão começou por volta dos 40 minutos do segundo tempo, quando Apoño fez falta feia em Ander, de apenas 20 anos, e logo depois cuspiu no atleta do Zaragoza. Em seguida, Ewerthon discutiu com o camisa 10 do Malaga na área e os dois foram advertidos pelo árbitro.



Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Fora dos planos do Timão, Cristian é alvo do Jorge Wilstermann

    'De canto' no Corinthians, dupla é procurada por clube boliviano que está na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians e Chapecoense dividem liderança da atual edição da Série A

    Chapecoense vence e empata com Corinthians na liderança do Brasileirão; veja a tabela

    ver detalhes
  • Castán pertence á Roma, mas jogou a última temporada pelo Torino, também da Itália

    Com reunião agendada na Itália, pai de Castán não descarta retorno do zagueiro ao Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno Paulo jogará no Santa Cruz até o final de 2017

    Com apenas um jogo pelo Corinthians, atacante é emprestado até o fim do ano

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes