Ewerthon, ex-Corinthians, é vítima de racismo na Espanha

Ewerthon, ex-Corinthians, é vítima de racismo na Espanha

Por Meu Timão

Ewerthon diz que não xingou mãe de rival

Ewerthon diz que não xingou mãe de rival

Mais um brasileiro vítima de racismo na Europa. O atacante Ewerthon, do Zaragoza, foi xingado por Apoño, do Málaga, durante o empate de 1 a 1 no último domingo. Após o jogo, o espanhol admitiu ter se dirigido ao brasileiro como “negro” porque o ex-corintiano teria ofendido sua mãe.

- Ele xingou minha mãe e a verdade, por esse motivo, é que eu o chamei de negro – disse o Apoño.

Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM, Ewerthon negou que tenha ofendido a mãe do camisa 10 do Málaga, mas preferiu não comentar sobre o caso de racismo sem autorização do clube.

A confusão começou por volta dos 40 minutos do segundo tempo, quando Apoño fez falta feia em Ander, de apenas 20 anos, e logo depois cuspiu no atleta do Zaragoza. Em seguida, Ewerthon discutiu com o camisa 10 do Malaga na área e os dois foram advertidos pelo árbitro.



Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Pablo está se recuperando de uma contratura muscular na coxa

    Agente de Pablo fala em prioridade do Corinthians e afirma: 'Só chamar para assinar'

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero corre risco de ver Santos se aproximar

    Corinthians mantém diferença, mas tem de secar rival nesta quinta; veja classificação atualizada

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi eleito o pior em campo

    Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes