Ewerthon, ex-Corinthians, é vítima de racismo na Espanha

Ewerthon, ex-Corinthians, é vítima de racismo na Espanha

Por Meu Timão

Ewerthon diz que não xingou mãe de rival

Ewerthon diz que não xingou mãe de rival

Mais um brasileiro vítima de racismo na Europa. O atacante Ewerthon, do Zaragoza, foi xingado por Apoño, do Málaga, durante o empate de 1 a 1 no último domingo. Após o jogo, o espanhol admitiu ter se dirigido ao brasileiro como “negro” porque o ex-corintiano teria ofendido sua mãe.

- Ele xingou minha mãe e a verdade, por esse motivo, é que eu o chamei de negro – disse o Apoño.

Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM, Ewerthon negou que tenha ofendido a mãe do camisa 10 do Málaga, mas preferiu não comentar sobre o caso de racismo sem autorização do clube.

A confusão começou por volta dos 40 minutos do segundo tempo, quando Apoño fez falta feia em Ander, de apenas 20 anos, e logo depois cuspiu no atleta do Zaragoza. Em seguida, Ewerthon discutiu com o camisa 10 do Malaga na área e os dois foram advertidos pelo árbitro.



Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel é aposta do Corinthians para triunfar em território hostil. Vale a aposta?

    Contra o Racing, Corinthians decide classificação às quartas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Fachada do estádio, no alto, com imagens de ídolos e os anos de glórias

    Estádio do rival do Corinthians cultua e respeita a história de quem fez história pelo clube

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes
  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes