Briga entre PM e torcedores de Corinthians e Joinville marca pré-jogo

Briga entre PM e torcedores de Corinthians e Joinville marca pré-jogo

Por Meu Timão

Polícia Militar contém briga antes de Joinville x Corinthians

Polícia Militar contém briga antes de Joinville x Corinthians

Foto: Reprodução

Momentos antes da partida entre Joinville e Corinthians começar, torcedores dos dois times se envolveram em uma confusão ao redor na Arena do time da casa.

O enfrentamento começou quando um torcedor corinthiano foi agredido ao tentar passar pela torcida do Joinville. Depois disso, um grupo de corinthianos foi ao encontro da torcida rival. A Polícia Militar, tentando conter o confronto, utilizou balas de borracha e bombas de efeito moral. Durante a agitação, o confronto passou a ser entre torcedores do Joinville e os policiais. Ao menos duas pessoas ficaram feridas, entre elas, um torcedor do Joinville foi atingido em um dos olhos.

Os torcedores que já estavam dentro do estádio tentavam entender o conflito e se apoiavam nas grades da arquibancada. Após conter a briga, a PM bloqueou a rua Inácio Bastos, em frente à Arena, onde aconteceu o tumulto. Logo depois, ambulâncias chegaram para atender feridos.

Pouco antes do início da partida e até mesmo desta confusão maior entre as duas torcidas, o carro de corinthianos foi apedrejado por alguns torcedores do Joinville, que foram apreendidos pela Polícia Militar.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes