Meia vê Corinthians como equipe 'mediana' com jogadores que 'dão a alma'

Meia vê Corinthians como equipe 'mediana' com jogadores que 'dão a alma'

3.7 mil visualizações 37 comentários Comunicar erro

Petros acredita que Corinthians não vá retomar o padrão do início do ano

Petros acredita que Corinthians não vá retomar o padrão do início do ano

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O volante Petros é conhecido por ser sempre muito sincero em suas conversas com a imprensa. Nessa quinta-feira não foi diferente. Questionado sobre o padrão alcançado pelo Corinthians no início do ano, que rendeu uma chuva de comentários positivos, o volante disse que a hora agora é de manter equilíbrio.

"Tem de ter o pé no chão para manter o equilíbrio. A única equipe do mundo que consegue manter um padrão é o Barcelona, que mesmo no começo do ano vinha sendo questionado porque não tinha boas atuações. Não somos os melhores, muito menos os piores. Somos uma equipe mediana, com jogadores batalhadores e que dão a alma por esse clube. Temos de filtrar o que falam de nós”, explicou o meia.

Depois da queda de rendimento e das eliminações no Paulista e na Libertadores, a equipe está passando por uma reformulação. Perdeu Guerrero e Sheik. Até agora não ganhou ninguém. Para Petros isso impossibilita a equipe de conseguir atingir o mesmo padrão do início do ano, mas é preciso mudar.

“Ano passado, o Corinthians fez um grande investimento e uma reformulação quase completa. O questionamento era o mesmo, se poderíamos jogar como time grande. Ninguém esperava que pudéssemos ir à Libertadores. Agora passamos pela mesma coisa. Reformulação é mudar, mudar porque não está dando certo. Não sei se vamos conseguir retomar aquele padrão, mas a estrutura tem de ser a mesma", afirmou.

Por causa da reformulação também, o meia acredita que ainda é muito cedo para pensar em títulos no Campeonato Brasileiro. A partida contra o Internacional é somente a sétima rodada da competição.

“É muito cedo para falar pelo que vamos brigar. O Campeonato Brasileiro é muito difícil. Nosso campeonato tem várias equipes. Até Chapecoense, Sport, Atlético-PR... É muito difícil fazer algum tipo de previsão. Tem de ganhar em casa e buscar pontos fora para buscar G-4 e título", finalizou.

Veja Mais:

  • Corinthians de Ralf já respira mais tranquilo na luta contra a parte de baixo da classificação

    Jogos de domingo chegam ao fim, e Corinthians dobra distância para o Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ándrés Sanchez aparece do lado do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, e Ronaldo

    Presidente do Corinthians se reúne com presidente do Real Madrid em passagem pela Espanha

    ver detalhes
  • Avelar teve atuação contestada pela torcida após jogo desse sábado contra o Vasco

    Avelar admite queda de rendimento, lista possíveis motivos e diz que pode melhorar no Corinthians

    ver detalhes
  • Árbitro Wilton Pereira Sampaio foi bastante requisitado no tenso duelo entre Corinthians e Vasco

    Árbitro relata em súmula tentativa vascaína de intimidação na Arena Corinthians; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes