Advogado nega irregularidades em CNH de Malcom, que é alvo de piadas no Timão

Advogado nega irregularidades em CNH de Malcom, que é alvo de piadas no Timão

Malcom está sendo investigado por suspeita de fraude na CNH

Malcom está sendo investigado por suspeita de fraude na CNH

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O jovem Malcom está sabendo lidar com as suspeitas do Detran-SP de ter comprado a carteira de motorista. Após a notícia, o atacante foi treinar normalmente e foi alvo de brincadeiras dos companheiros de Corinthians. O camisa 21 também já possui um advogado cuidando do caso com provas de sua inocência.

Minutos antes do início do treinamento, ainda na academia, alguns atletas sugeriram que Malcom levasse eles para o treino dirigindo o carrinho que transporta os jogadores pelo CT Joaquim Grava. O atacante deu risada e não se incomodou com as brincadeiras dos colegas e treinou normalmente.

Enquanto isso, o caso será tratado pelo advogado Régis Villas Boas, que faz parte do departamento jurídico da empresa responsável por gerir a carreira de Malcom, dos empresários Fernando Garcia e Nilson Moura. O advogado, inclusive, já falou sobre o caso e negou que exista irregularidades com a carteira de motorista do atacante.

"Foi do nada, pegou-o de surpresa. O Malcom é um garoto bem humilde. Disse que nunca escutou na vida essa história da cidade de Hortolândia, que deu o documento da casa dele para o Detran, a conta de luz da casa da mãe dele. A CNH dele é de Santo André. Vi a carteira dele e não tem nenhum indício de falsidade. A data é compatível e os procedimentos que ele me passou ter feito também", contou o advogado, em entrevista à ESPN Brasil.

Na mesma publicação, é possível ver uma imagem da carta de motorista de Malcom emitida no dia 6 de maio de 2015 - 70 dias após o atleta ter completado 18 anos -, e não 20 dias como informou o Detran-SP.

Confira imagem da carta de motorista de Malcom

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes