Guerrero culpa Corinthians por fama de mercenário

Guerrero culpa Corinthians por fama de mercenário

Por Meu Timão

Guerrero afirma que queria ter ficado no Corinthians

Guerrero afirma que queria ter ficado no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Já se passaram quase dois meses completos desde o fim do contrato de Paolo Guerrero com o Corinthians. Dias depois, ele já era atleta do Flamengo, mas, ainda assim, continua falando sobre o Timão e sobre a polêmica novela que não resultou em uma renovação com o alvinegro.

O peruano, que fez história no Mundial de Clubes com a camisa do Corinthians, já parece estar adaptado ao time carioca - são três gols em três jogos. Porém, o atacante garante que esperou o Timão.

"Não me arrependo de ter falado isso (que no Brasil, só jogaria no Corinthians), eu esperei o Corinthians muito tempo e eles não quiseram renovar comigo, então eu tinha que procurar um time para jogar. Sou um profissional do futebol. Se o Corinthians não quis renovar, Flamengo veio com uma proposta. Por que não?", contou Guerrero, em entrevista ao canal Fox Sports.

Paolo ainda afirma que o torcedor do Corinthians não deve ficar bravo com ele, pois não sabe toda a "verdade" da história. O peruano garantiu que sempre quis permanecer no Timão.

"O pessoal do Corinthians não falou a verdade, o torcedor ficou bravo comigo. A minha vontade sempre foi ficar, mas como eles não iam renovar comigo, eu tinha que procurar um time para jogar", completou.

Apesar das declarações sobre o Corinthians, o atleta voltou a falar sobre o tamanho do Flamengo e de sua torcida. Dessa vez, porém, foi coerente e disse ser "uma das maiores".

"Estou feliz de ter chegado a um clube tão grande como o Flamengo, um dos maiores times do Brasil, com muita história, torcida das maiores do mundo. Isso dá felicidade e uma motivação extra. Foi lindo entrar em campo e ver o Maracanã lotado, arrepia a pele. Jogar com o Maracanã cheio é lindo, não tem preço", finalizou.

Veja Mais:

  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes
  • Não agradou - Titular no Majestoso, Guilherme teve atuação discreta na decisão da Florida Cup

    Meia do Corinthians tem nota próxima do zero após empate

    ver detalhes
  • Timão disputou primeiro clássico de 2017 na noite deste sábado

    Clássico termina empatado e Corinthians perde título para rival nos pênaltis

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi chutado por Bruno

    Marquinhos Gabriel leva chute na cabeça; árbitro ignora, mas expulsa Kazim e Maicon

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes