Maluco do Telão é 'culpa' da prefeitura de São Paulo

Maluco do Telão é 'culpa' da prefeitura de São Paulo

Brincadeiras do 'Maluco do Telão' só são possíveis graças a uma lei imposta pela prefeitura paulistana

Brincadeiras do 'Maluco do Telão' só são possíveis graças a uma lei imposta pela prefeitura paulistana

Foto: Reprodução/Twitter

O corinthiano acostumado a frequentar a Arena em jogos do Timão já sabe: após o apito final, sempre há brincadeiras – ou provocações – exibidas no telão externo. As famosas “hashtags”, criadas pela direção do estádio, estamparam o noticiário esportivo e criaram polêmica em clubes como Palmeiras e Internacional. No entanto, o que muitos torcedores não sabem é que o “Maluco do Telão” é culpa da prefeitura de São Paulo.

“Os telões externos são onde a gente coloca as hashtags quando acabam os jogos e onde dão tanta polêmica. Mas isso é culpa da prefeitura (de São Paulo). Se não tivesse a Lei Cidade Limpa, a gente colocava propaganda (risos)”, revelou Thiago de Rose, gerente de planejamento da Arena Corinthians, durante palestra no evento Futebol 3.0.

Criada para regularizar anúncios indicativos e publicitários na capital paulista, a lei Cidade Limpa foi decretada pelo ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) há oito anos. De acordo com o texto, em vigor desde o dia 1º de janeiro de 2007, cada estabelecimento só pode ter na fachada um único anúncio com todas as informações necessárias ao público.

“O não-cumprimento da lei implica uma série de sanções, como intimação, multa, multa com reincidência (valor em dobro), cancelamento de licença/autorização (quando houver) e remoção do anúncio”, informa a cartilha disponível no site do Ministério Público de São Paulo. “A gente tem que inventar um negócio neutro que não seja propaganda. Mas durante o jogo a gente deixa o placar, só coisa informativa”, acrescentou o gerente.

Em março, a WTorre - empresa responsável pela administração do Allianz Parque - foi multada em R$ 120 mil pela prefeitura após não cumprir com as exigências determinadas pela Lei Cidade Limpa. Na época, a construtora decidiu não se manifestar sobre o assunto.

A primeira provocação exibida no telão externo da Arena Corinthians ocorreu após a vitória do Timão por 2 a 1 sobre o Internacional. Em respostas à diretoria colorada, o “Maluco do Telão” escreveu “#Poenodvd”. A princípio, a brincadeira não foi bem aceita e o autor da “trollada” acabou demitido.

Entretanto, após forte campanha dos corinthianos nas redes sociais, o responsável pelas piadas acabou voltando ao cargo dentro do estádio. Desde então, ele acumula uma seleta lista de postagens: "#desde77", “#CaiuEmItaqueraJaEra”, “#AquiÉCorinthians” e “#EhNoisNaLiderança”.

*Colaborou sob a supervisão de Mayara Munhoz;

Veja Mais:

  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes
  • Chapecoense está na Libertadores de 2017; Corinthians segue lutando por vaga

    Conmebol confirma título à Chape, e Libertadores-2017 terá ao menos oito brasileiros

    ver detalhes
  • Wladimir tem 805 jogos com a camisa do Corinthians em seu currículo

    Invasão Corinthiana, impeachment de Andrade e tragédia da Chape: bate-papo com Wladimir

    ver detalhes
  • Muricy atualmente trabalha como comentarista no SporTV

    Corinthians convidou Muricy Ramalho para ocupar cargo na base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes