Timão na liderança do Brasileiro 'incomoda a todos', afirma presidente

Timão na liderança do Brasileiro 'incomoda a todos', afirma presidente

Por Meu Timão

4.7 mil visualizações 69 comentários Comunicar erro

Roberto de Andrade fala sobre polêmicas de arbitragem

Roberto de Andrade fala sobre polêmicas de arbitragem

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

As últimas rodadas do Campeonato Brasileiro foram conturbadas para o Corinthians que, apesar de ser líder desde a 18ª rodada, foi transformado em protagonista de polêmicas envolvendo a arbitragem da competição.

A respeito das discussões, em entrevista ao LANCENET!, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, se pronunciou, apontando o motivo pelo qual o Timão é alvo constante nessas histórias.

"Você está vendo por que não existe união dos clubes? É por isso que não existe, ninguém respeita ninguém. Aí pergunto para você: o Flamengo jogou domingo passado contra o Palmeiras e foi prejudicado aos olhos de muita gente. O que o Corinthians tem a ver com isso? Onde eu ganhei alguma coisa? Fala-se muito porque o Corinthians chegou na liderança. Se estivéssemos em sexto, décimo, ninguém iria se preocupar. O que incomoda a todos é o Corinthians estar na liderança. Mas isso é falta de respeito com os atletas, comissão técnica, diretoria do clube. Não chegamos à liderança ajudados, temos a melhor defesa, perseguimos isso há tempos. Erro de arbitragem? Sempre existiu, existe e existirá, não vai mudar, é um ser humano, que decide numa fração de segundo e às vezes tem a visão encoberta. Se a gente achar que tudo é má fé, acabou o futebol", afirmou.

O presidente também relembrou a partida contra o Sport - vencida pelo Corinthians por 4 a 3 e válida justamente pela 18ª rodada da competição -, em que o clube pernambucano solicitou à CBF a mudança do trio escalado para apitar o jogo, porque o árbitro e seus auxiliares - Luis Flávio de Oliveira, Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa -, eram filiados ao quadro da Federação Paulista de Futebol (FPF).

"Acho isso uma grande bobagem. O fato de a pessoa trabalhar na Federação Paulista ou Mineira não o faz ser mineiro ou paulistano, ele pode nascer em outro estado e ser torcedor de outro clube. É uma acusação sem fundamento. Para mim é choro, mi-mi-mi, procuram pelo em ovo", disse.

Dessa forma, em meio a tantas contestações, Roberto justificou a postura do Alvinegro, que não se manifestou frente às acusações e a outros casos, envolvendo clubes diversos, que também poderiam causar o mesmo descontentamento.

"Erro acontece. Eu já reclamei e vou reclamar de juiz. Isso até ajuda a Comissão de Arbitragem a tomar uma atitude, mostrar que aquilo não está funcionando a contento, tem que fazer algo a melhorar. É normal. Mas falar que o juiz fez algo para ajudar time A ou B é ser leviano, não há prova", concluiu.

Veja Mais:

  • Sornoza pode se tornar o quinto reforço do Corinthians para 2019; Fluminense quer atletas

    Sornoza aceita oferta do Corinthians, mas contrapartida com dupla de emprestados emperra

    ver detalhes
  • Ex-Fluminense, Richard foi anunciado oficialmente pelo Corinthians nesta segunda-feira

    Saiba mais sobre o volante Richard, quarto reforço do Corinthians para 2019

    ver detalhes
  • Trio ganhou espaço no segundo semestre e reencontra treinador em outro patamar

    Jogadores ganham espaço no segundo semestre e reencontram Carille em outro patamar no Corinthians

    ver detalhes
  • Richard é o novo jogador do Corinthians

    Corinthians anuncia contratação de Richard

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes