Gil valoriza ritmo imposto pelo Timão contra Chapecoense

Gil valoriza ritmo imposto pelo Timão contra Chapecoense

Por Meu Timão

1.3 mil visualizações 25 comentários Comunicar erro

Zagueiro Gil elogiou postura do Timão em Santa Catarina neste domingo

Zagueiro Gil elogiou postura do Timão em Santa Catarina neste domingo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Importante

Gil valoriza ritmo imposto por Timão contra Chapecoense

O Corinthians venceu a Chapecoense neste domingo e manteve os quatro pontos de diferença do segundo colocado, o Atlético-MG, do Campeonato Brasileiro. Para o zagueiro Gil, a vitória serviu para consolidar a liderança do Timão.

"Uma vitória muito importante, isso vai consolidar ainda mais nossa liderança. Temos que encarar cada jogo como uma final. Aquele gol no final do primeiro tempo, eles partiram para cima no segundo tempo. A Chapecoense tem muita qualidade, hoje conseguimos neutralizar e fazer um grande jogo", declarou o zagueiro alvinegro, em entrevista ao canal "ESPN Brasil".

Gil também elogiou o ritmo imposto pela equipe dentro de campo. Logo no início da partida, o time abriu dois gols de diferença de maneira avassaladora.

"Temos que continuar nesse mesmo ritmo, sabíamos que seria um jogo difícil. Foi um grande jogo, conseguimos fazer nosso jogo, segurar a bola, rodar a bola e sair com a vitória", finalizou.

Veja Mais:

  • Vôlei alvinegro começa sua caminhada na Superliga nesta semana

    Brasileirão, estreia na Superliga e final no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Roger marcou o segundo gol corinthiano no duelo deste domingo

    Corinthians vira nos acréscimos, mas ainda leva gol de empate e tropeça no Vitória

    ver detalhes
  • Corinthians empatou com o Vitória em 2 a 2 nesta rodada

    Concorrentes tropeçam, e Corinthians abre leve distância para Z4; veja classificação

    ver detalhes
  • Ralf foi eleito craque da partida no entendimento dos torcedores do Corinthians

    Veteranos são eleitos 'craques' do Corinthians no Barradão; Avelar beira nota zero

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes