Presidente do Atlético será julgado pelo STJD por acusações ao Corinthians

Presidente do Atlético será julgado pelo STJD por acusações ao Corinthians

Por Meu Timão

3.4 mil visualizações 58 comentários Comunicar erro

Presidente do Atlético-PR afirmou que Timão foi favorecido no Brasileirão

Presidente do Atlético-PR afirmou que Timão foi favorecido no Brasileirão

Foto: Reprodução / TV

O presidente do Atlético-PR, Mario Celso Petraglia, vai responder pelas acusações feitas ao Corinthians e aos clubes paulistas em uma de suas redes sociais. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai julgar o mandatário nesta quinta-feira.

Petraglia foi enquadrado no artigo 258 do CBJD - assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código - e pode pegar até 180 dias de afastamento de suas funções no clube. As acusações foram feitas no dia 16 de agosto, quando em um desabafo no seu Twitter, o presidente disse que tudo na rodada tinha conspirado para a liderança do Timão.

A reclamação se estendia também aos outros clubes paulistas. Na ocasião, o Santos teve um pênalti polêmico marcado a favor, justamente contra o Atlético-PR.

Relembre as mensagens postadas pelo presidente do Atlético-PR

Veja Mais:

  • Danilo Avelar realizou exames na tarde desta terça-feira em São Paulo

    Danilo Avelar é aprovado em exames e já fala como reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Danilo Avelar, de 29 anos, assinará contrato de empréstimo por um ano com Corinthians

    Estilo versátil, preparação e ansiedade por estreia: Avelar se apresenta à torcida do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians ganhou boa opção de matar saudade da Arena depois da Copa do Mundo

    Corinthians inicia venda de pacotes de jogos na Arena com direito a Libertadores de brinde

    ver detalhes
  • Luigi Gaspar dá seus primeiros passos na carreira de jogador

    Filho de Edu Gaspar assina primeiro contrato com o Corinthians; ex-jogador comemora

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes